Arquivo mensais:janeiro 2012

“Tentarei viabilizar minha candidatura a prefeito, se não conseguir, não cometerei suicídio político e disputarei uma vaga na Câmara”, afirmou Epifânio Bezerra

 

Com o fim da reunião do Prefeito Maurício Marques e seu secretariado, ocorrida hoje (31), os rumos para 2012 começam a se delinear. Seis secretários anunciam sua saída da administração para entrarem na disputa eleitoral de outubro próximo. São eles, Ana Michele, Batista, Irani Guedes, Gustavo Negócio, Ricardo Wagner e Epifânio Bezerra.

Em sua fala na reunião, o vice Epifânio reafirmou a satisfação de ter feito parte de uma administração que apresenta resultados positivos e de poder ter sido parte dela, mas que os caminhos dele e de Maurício agora tomam rumos diferentes, muito mais por um chamamento político de seu grupo do que por uma necessidade de rompimento.

“Prefiro não chamar de rompimento.

Faremos uma campanha de alto nível”, destacou Epifânio.

Epifânio foi categórico em dizer que não cometerá suicídio político. Atendendo ao apelo de seu grupo tentará viabilizar sua candidatura à prefeitura, mas com muita tranqüilidade deixou claro que se não for viabilizada deverá disputar uma vaga na Câmara de Vereadores. “Tentarei viabilizar minha candidatura a prefeito, se não conseguir, não cometerei suicídio político e disputarei uma vaga na Câmara”.

O prefeito Maurício Marques também aceitou a decisão do seu vice e amigo Epifânio Bezerra com naturalidade. “É natural que ele queira concorrer, afinal fez parte de uma gestão de sucesso e isso é encorajador. A única coisa que me causou estranheza foi que em agosto do ano passado, após uma reunião de secretariado, uma Carta Compromisso foi assinada pelos secretários se comprometendo em continuar ao meu lado nesta administração exitosa até o fim e de me dar respaldo para que este trabalho fosse continuado nos pró ximos quatro anos.

E o primeiro nome que assina esta Carta Compromisso é o de Epifânio Bezerra”, disparou Maurício.

Com relação às exonerações e reposições que deverão se dar daqui pra frente, Maurício afirmou que o processo acontecerá com tranqüilidade. As pessoas sairão na medida em que o substituto estiver escolhido. “Não farei exonerações em massa. Não é necessário isso. Até mesmo porque eu não teria amanhã todos os nomes para reposição”, esclareceu o prefeito Maurício Marques.

Muitos cargos do vice Epifânio já se apresentaram reafirmando o desejo de continuar ao lado do Prefeito Maurício Marques, fazendo parte de uma administração aprovada por todos e vitoriosa.

Os secretários que entregaram suas pastas para concorrer a uma vaga no Legislativo Municipal assumiram o compromisso
de, se eleitos, darem sustentação política ao Prefeito na Câmara.

Com relação a indicaçao do seu vice na disputa à reeleição, Maurício reafirmou que a indicação será prerrogativa de Agnelo Alves.

Com as obras de mobilidade que não acontecem nunca e recursos prometidos que não chegam, Natal segue aumentando suas pendências no CAUC; agora já são oito

-Alguém viu ou teve notícia dos recursos para as obras de mobilidade urbana da Copa do Mundo?

-Alguém viu ou teve notícia dos milhões para a Operação Tapa Buracos festejados e [re]festejados pela turma do contra-cheque nas redes sociais

?

-Alguém viu ou teve notícia dos cerca de R$ 75 milhões para as obras de recuperação e revitalização do calçadão da Praia dos Artistas, do Meio, do Forte, Areia Preta e Ponta do Morcego, via Prodetur, também tão comemorado ainda no ano passado pela saltitante borboleta

?

– Alguém viu ou teve notícia dos recursos para a conclusão da UPA da Cidade da Esperança?

– Alguém viu ou teve notícia dos recursos assegurados através de emenda parlamentar para as obras de reforma do Mercado da Redinha

?

-Alguém viu..

-Alguém viu…

-Alguém viu…

Enquanto não se vê nem se tem notícia de tantos milhões em recursos perdidos pela ingerência e incompetência da prefeita Micarla de Sousa e seus assessores, a prefeitura do Natal complica ainda mais o que já está bastante complicado para que se proceda liberação de recursos pelo governo federal via convênios. O que eram seis pendências no CAUC agora são oito.

As duas inadimplências da Prefeitura do Natal acrescidas no Sistema Financeiro do Governo Federal dizem respeito a:

– Ausência de entrega do Relatório de Gestão Fiscal – RGF, que deve ser entregue quadrimestralmente e que, através dele, a União verifica o cumprimento por parte do município dos artigos 54 e 55 da CF, e artigo 51 da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal);

– A outra pendência fica por conta da própria LRF, onde o governo federal exige a publicação da RREO, uma publicação
bimestral por parte do município, que combinam os artigos 51 e 52 da LFR com o §3º da CF. Essa combinação exige que, para o ente receber transferências voluntárias (convênios), é preciso a comprovação da publicação do RREO, o que Natal não fez e, por isso, não se torna apta a receber recursos federais.

VEJA O ESPELH

O D

O CAUC.

 

PRECATÓRIOS: Ministério Público Estadual e Polícia Civil deflagram Operação Judas na manhã de hoje e já efetuaram cinco prisões

O Ministério Público e a Polícia Civil cumpriram na manhã de hoje (31) mandados de prisão e de busca e apreensão relativos ao caso dos precatórios do Tribunal de Justiç a do RN.

A ação foi batizada como “Operação Judas” e cumpriu mandados em Natal, Canguaretama e Recife; e prendeu cinco pessoas até o momento.

A Operação contou com o apoio dos Promotores de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, do Grupo de Atuação Especial de
Combate ao Crime Organizado (GAECO) e dos policiais da Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Contra a Ordem Tributária (DEICOT).

No começo desse mês, a presidente do Tribunal de Justiça do RN, Judith Nunes, pediu o apoio do Ministério Público para investigar indícios de irregularidades em sua Divisão de Precatórios. A investigação segue em segredo de justiça.

 

(MPRN)

Contrato de locação de GPS para a URBANA omite valor a ser pago e quantitativo

Já se tornou uma praxe nesta gestão a omissão de informações básicas, porém de grande relevância, em publicações do Diário Oficial do Município – DOM.

Recentemente, a URBANA contratou, por um período de um ano, com a empresa TECNOFROTA SOLUÇÕES EM RASTREAMENTO, equipamentos de GPS para veículos da Companhia, mas a publicação oficial simplesmente não traz informações como o  valor mensal e/ou global da contratação, bem como não diz o quantitativo dos equipamentos que estã o send

o locados.

Sonegar esse tipo de informação ao cidadão tem sido tão costumeiro quanto tem sido recorrente os secretários e assessores responsabilizarem os que fazem o DOM por essas ausências. A resposta sempre tem sido: “Foi um erro de digitação” ou “O erro foi do DOM”.

O motivo para tanta ‘omissão – erro de digitação – erro do DOM’, ou seja lá como queiram batizar, não se sabe ‘com certeza’. Se desconfia!

O que sobra em sonegação de informação falta em transparência.

A referida publicação está no Diário Oficial do último dia 27 de janeiro

de 2012.

Licitação para a execução dos serviços de limpeza pública de Natal e Plano Municipal da Gestão dos Resíduos Sólidos serão debatidos em audiência pública

No próximo dia 10 de fevereiro, das 9h às 13h, haverá Audiência Pública com vistas a esclarecer detalhes sobre a Licitação dos Serviços de Limpeza Pública da Cidade do Natal.

Já no dia 2 março, também das 9h às 13h, outra Audiência Pública está agendada, esta para apresentação e discussão da Proposta Final do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos do Município de Natal.

Ambas Audiências são de responsabilidade da URBANA e acontecerão no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal – CDL, localizado na Rua Ceará Mirim, nº 322, Tirol (Informações pelo fone 3232-8771).

Se liga natalense, sociedade civil organizada.

A audiência é pública e o tema é extremamente importante e de interesse público, o que dá todo o direito de participação da sociedade nas discussões e nos desdobramentos que os dois assuntos poderão e deverão ter.

AEROPORTO DE SÃO GONÇALO – Governo do Estado assina protocolo de intenções com a Prefeitura de São Gonçalo e consórcio Inframerica

A governadora Rosalba Ciarlini estará assinando hoje (31) o Protocolo de Intenções com a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante e o Consórcio Inframerica, vencedor do leilão do aeroporto de São Gonçalo, para a implantação do novo Complexo Aeroportuá rio da Grande Natal.

A solenidade será às 11h no Palácio Potengi.

Projetos de saneamento para Caraúbas e Lagoa de Pedras são analisados pela Caixa Econômica Federal

A CAERN enviou para análise da Caixa Econômica Federal (CEF) a documentação técnica, jurídica e institucional, necessária à concessão de financiamento para projetos de saneamento nas cidades de Caraúbas e Lagoa de Pedras. A primeira poderá ser contemplada com investimentos em abastecimento de água e a segunda a receber obra de esgotamento sanitário. Somados, os valores previstos chegam a R$ 6,2 milhões em recursos do FGTS.

A instituição financeira da União é o agente responsável pela operação de crédito e o Ministério das Cidades é o órgão coordenador do processo seletivo quanto às propostas apresentadas pelos estados dentro do Grupo 3 do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A Caern enviou à documentação para a Caixa na sexta-feira (27).

Integram a documentação encaminhada à CEF, de acordo com a assessora de Gestão Empresarial da Companhia, Anne Carvalho, a titularidade dos terrenos, contratos de concessão com os dois municípios, lei de criação da Caern e ata de nomeação da diretoria, além da licença ambiental. A entidade financeira tem até 23 de março para aprovar a documentação. O passo seguinte é a análise da operação de crédito a ser feita pelo Governo do Estado, que ficará a cargo da Secretaria do Tesouro Nacional.

Conforme o calendário estabelecido, a assinatura dos contratos para financiamento das obras deve ocorrer até 29 de junho. Somente depois desta data poderão ser iniciadas as licitações para as obras.

Pelas regras do PAC 3, para Caraúbas tem prevista a ampliação do Sistema de Abastecimento de Água com investimentos de R$ 3,4 milhões, com execução de duas estações elevatórias, três reservatórios, 1,5 quilômetro de adutora e 36,5 quilômetros de rede de distribuição que irão beneficiar 5.616 famílias. O município do Oeste do Rio Grande do Norte fica a 296 quilô metros de Natal.

Distante 51 quilômetros da capital, o município de Lagoa de Pedras, na região do Agreste, deverá ser atendido com a implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário que irá atender a 627 famílias, com a instalação de 10 quilômetros de rede coletora, duas estações elevatórias, dois quilômetros de emissários e uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE). O investimento no projeto é de R$ 2,8 milhões.

As propostas referentes a Caraúbas e Lagoa de Pedras foram selecionadas e anunciadas pelo Ministério das Cidades no início de novembro.

Obra da estrada que liga Barreta a Malembá começa nesta semana

 

A Governadora Rosalba Ciarlini assinou a ordem de serviço para implantação e pavimentação do trecho da RN-063, que liga as praias de Barreta e Malembá, em uma solenidade que aconteceu na manhã desta segunda-feira (30), em Nísia Floresta, por onde o trabalho será iniciado ainda nesta semana.

A obra está orçada em R$ 2.332.897,29 e será executada pela Esse – Engenharia, Sinalização e Serviços Especiais Ltda. A previsão é que ela seja concluída até julho deste ano.

A obra que irá ajudar no desenvolvimento do turismo na região é um anseio da população de Nísia há mais de 20 anos.

A estrada que liga Barreta a Malembá tem 3,8 quilômetros de extensão e está localizada no importante corredor turístico que liga a capital potiguar às famosas praias do Litoral Sul, que atraem milhares de turistas durante o ano inteiro, especialmente no período da alta estação.

Rosalba Ciarlini aproveitou a solenidade para anunciar a publicação do edital, a partir de 20 de fevereiro, para recapeamento total da estrada que vai da Praia de Tabatinga a Nísia Floresta.

Consocial/RN realiza Conferência Estadual em Natal e participa de evento nacional em Brasília

A aplicação d e

recursos públicos na execução de obras e convênios e a participação da população na fiscalização serão alguns dos temas abordados pela Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social (Consocial/RN), a se realizar em Natal entre os dias 14 e 16 de março. O evento terá participação de representantes da sociedade civil, órgãos públicos e Conselhos de Políticas Públicas e precede a Conferência Nacional, sediada em Brasília no perí od o d

e 18 a 20

de maio.

A Consocial/RN tem os objetivos de promover a transparência e estimular a participação da sociedade no acompanhamento da gestão pública, resultando na contribuição para um controle social mais efetivo e democrático. A Conferência Estadual foi instituída no Rio Grande do Norte por decreto no dia 10 de junho com a finalidade de promover o acesso à informação e dados públicos, capacitação da sociedade para o controle da gestão pública e diretrizes para o combate à corrupção.

De acordo com o controlador-geral do RN, Francisco de Melo, a Consocial é uma iniciativa do Governo Federal, por meio da Controladoria Geral da União (CGU) e foi instituída para ajudar a população. “Costumamos dizer que os recursos são do povo.

Então, o mesmo cidadão que paga impostos também pode acompanhar a aplicação e fiscalização dos recursos, mas ainda não existe a cultura de atuação popular. Por isso existe o convite para que os cidadãos sejam mais participativos”, comentou.

A Consocial trabalha com quatro eixos temáticos:
– Eixo I: Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos;
– Eixo II: Mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública;
– Eixo III: A atuação dos conselhos de políticas públicas como instâncias de controle;
– Eixo IV: Diretrizes para a prevenção e combate à Corrupção.

OS OBJETIVOS DA CONSOCIAL
Debater e propor ações da sociedade civil no acompanhamento e controle da gestão pública e o fortalecimento da interação entre sociedade e governo; Promover, incentivar e divulgar o debate e o desenvolvimento de novas idéias e conceitos sobre a participação social no acompanhamento e controle da gestão pública; Propor mecanismos de transparência e acesso a informações e dados públicos a ser implementados pelos órgãos e entidades públicas e fomentar o uso dessas informações e dados pela sociedade; Debater e propor mecanismos de sensibilização e mobilização da sociedade em prol da participação no acompanhamento e controle da gestão pública; Discutir e propor ações de capacitação e qualificação da sociedade para o acompanhamento e controle da gestão pública, que utilizem, inclusive, ferramentas e tecnologias de informação; Desenvolver e fortalecer redes de interação dos diversos atores da sociedade para o acompanhamento da gestão pública; Debater e propor medidas de prevenção e combate à corrupção que envolvam o trabalho de governos, empresas e socieda

de civil.

GESTÃO: Previdência Social agiliza processos de recursos de benefícios

O ‘E-RECURSOS’ DEVE ECONOMIZAR TEMPO E DINHEIRO

O segurado da Previdência Social que entrar com um recurso administrativo contra uma decisão do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terá o seu processo analisado mais rapidamente. Para isso, o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, assina nesta terça-feira (31), em Natal, portaria que dá início à modernização do processo de recursos de benefícios da Previdência Social em todo o Brasil.

A proposta é implantar o processo eletrônico de recursos, denominado e-Recursos.

O principal objetivo da medida é economizar tempo e dinheiro dos segurados e também da Previdência Social. Atualmente, o processo de recursos é físico e manual – cons equ

entemente, mais demorado e caro. Com o e-Recursos, desde o momento em que é dada a entrada no processo até a decisão final, o sistema será informatizado.

Um projeto piloto já está em funcionamento no Rio Grande do Sul.

O próximo a começar a funcionar será no Rio Grande do Norte, na 27ª Junta de Recursos.

O ministro participará do julgamento inaugural também na terça-feira.

A portaria determina que os presidentes do Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS) e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotem as providências necessárias para que a informatização seja adotada em todas as Juntas e Câmaras de Recursos. Os dirigentes deverão instituir Comitê Gestor e Grupo de Trabalho para começar as mudanças.

Prefeito Flávio Veras faz almoço de lançamento do Carnaval de Macau 2012

UM MUNDO DE ALEGRIA

O prefeito Flávio Veras (PMDB) convida a imprensa para o lançament o d

a programação do Carnaval de Macau 2012.

Macau já faz parte do roteiro das tradicionais e badaladas festas de momo do Estado e, para tanto, Veras fará a apresentação da programação oficial em grande estilo, na Churrascaria Sal & Brasa, em Natal, no próximo dia 2 de fevereiro, a partir das 12h30.

“Operação Verão” registra queda nas ocorrências atendidas pela Polícia Militar

As ações do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), com a “Operação Verão”, têm mostrado uma queda acentuada do número de ocorrências atendidas pela Polícia Militar em Natal e Região Metropolitana. Em 2011 foram registradas 1.625 ocorrências e 2012, até o dia 15 de janeiro, foram 462 casos, segundo informações da Subcoordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Seac).

O secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Aldair da Rocha, lembra que ao assumir o cargo, em janeiro de 2011, teve pouco tempo para planejar a “Operação Verão” daquele ano, que terminou com 1.625 ocorrências atendidas pela Policia Militar em Natal e Região Metropolitana, número reduzido para 462 em 2012, com os casos registrados na mesma área até 15 de janeiro passado.

“O Governo do Estado comprou dez caminhonetes com tração quatro por quatro que estão sendo usadas no litoral, com policiais militares treinados especialmente para essa finalidade.

Além disso, nossos policiais também estão com decibelímetros para medir a potência do som, evitando a poluição sonora, que às vezes provoca uma discussão que poderá se transformar num problema mais sério. Também temos atuado com barreiras para evitar que motoristas dirijam sob efeito do álcool, evitando acidentes e até mortes em nossas estradas”, disse.

O Corpo de Bombeiros, para o secretário Aldair da Rocha, também tem feito um bom trabalho de proteção aos banhistas, com orientações, salvamentos e distribuição de pulseiras para identificar as crianças, para que sejam logo encontradas caso se percam dos pais em locais de maior movimentação. O secretário ainda destaca a atuação do helicóptero Potiguar 1, que tem dado apoio em muitas operações, auxiliando com o patrulhamento aéreo do litoral.

 

 

 

 

TV Band Natal investe em nova equipe e reestrutura departamento comercial

Fundada em 2008, a TV Band Natal apresenta ao mercado potiguar uma nova equipe que vai atuar no departament o c

omercial da emissora própria do Grupo Bandeirantes de Comunicação no Rio Grande do Norte.

Para melhor atender aos clientes e parceiros comerciais, a Direção Geral da Band Natal contratou três profissionais experientes, que têm a missão de consolidar o projeto de expansão e ampliar a penetração da emissora no mercado publicitário potiguar.

Para a função de Superintendente Comercial, a Band Natal trouxe o pernambucano Márcio Lélis, que dirigiu por 17 anos o departamento comercial da emissora do SBT em Recife

e também trabalhou na Band Recife. Márcio Lélis é graduado em jornalismo e relações públicas em Pernambuco e cursou pós-graduação em Marketing em Atlanta (EUA).

Já o novo Gerente Comercial da Band em Natal é Leonardo Lyra, profissional que atuou em alguns dos principais veículos de comunicação do Rio Grande

do Norte. Graduado em comunicação Social pela faculdade Helio Alonso (RJ), com MBA em Total Quality pelo CEFET-RJ, Leonardo Lyra já foi gerente comercial da TV Cabugi, do Diário de Natal e da rádio CBN.

O Setor de Marketing da Emissora também passa por uma renovaçã o de pess

oal. A publicitária Meyre Dutra (Gerente de Marketing) assume o desafio de coordenar os projetos e ações de marketing na empresa, com foco na fidelização dos telespectadores e integração com o mercado anunciante.

O Diretor Geral da BAND Natal, Djalma Correa, explica que as mudanças fazem parte do crescimento da empresa no Estado, que passou por um processo gradual de profissionalização dos vários setores, como o Jornalismo, Programação, Operações Técnicas, e que agora chega ao Departamento Comercial.

Facebook e Twitter poderão ser monitorados pelo FBI

Agência policial americana pretende criar software de espionagem para as redes sociais

O FBI quer monitorar o Facebook e o Twitter de maneira mais minuciosa.

O objetivo é ant ecipar atos t

erroristas e outros tipos de crimes.

A idéia da agência é criar um software de espionagem que analisará textos publicados nas redes sociais.

Informaçõ es obtidas assim ajudariam no combate a atividad

es criminosas. O FBI garante que o monitoramento será apenas de material público.

A licitação pública para a empresa que irá desenvolver o software já foi aberta. Entre os requisitos para o programa estão um alerta geoespacial e um aplicativo de mapeamento.

(ESTADÃO)

Nova testemunha confirma que comissionados estão sendo chantageados para apoiar Edivan Martins

Deu em DE OLHO NO DISCURSO, por Daniel Dantas (http://www.blogdodanieldantas.blogspot.com/ ).

 

#ForaMicarla: Nova testemunha confirma que comissionados estão sendo chantageados para apoiar Edivan Martins
O objetivo da ação parece ser na direção de garantir a sobrevivência do PV no Legislativo, uma vez que as possibilidades de reeleição de Micarla de Sousa (PV) aparecem cada vez menores.

Uma nova testemunha confirmou que foi contatada com a coação: assinar uma carta modelo de pedido de demissão coletiva e ser renomeada como cargo comissionado indicado pelo presidente da Câmara Municipal de Natal, Edivan Martins (PV). Caso contrário, perde-se o cargo e a comissão.

Se ano passado, nos episódios de ocupação da Câmara, Edivan começou o enterro de sua biografia política, com essa história ele pode terminar sua carreira política nas páginas policiais.  Aliás, páginas que ele frequenta desde a Operação Impacto, da qual, mesmo inocentado pela justiça, não escapou completamente uma vez que o MP apelou contra a decisão que o livrou da pena.

Controladoria de Parnamirim divulga balanço sobre verbas para a saúde

A Prefeitura de Parnamirim destinou R$ 75,8 milhões para a Saúde em 2011, um aumento de 19,3% em relação ao ano anterior.

Os números, ainda preliminares, foram apurados pela Controladoria Geral do Município. Esse montante representa 12 vezes mais do que um município com 10 mil habitantes recebeu de Fundo de Participação no ano passado.

De acordo com a Emenda Constitucional 29, os municípios brasileiros são obrigados a aplicar no mínimo 15% das transferências constitucionais e arrecadação de impostos próprios (IPTU, ITIV, ISS)  ou compartilhados (ICMS, IPVA) na Saúde. Em média, as prefeituras do Rio Grande do Norte aplicam o dobro do piso previsto na legislação. Em Parnamirim esses porcentuais ultrapassaram 40% nos últimos três anos.

O demonstrativo de recursos destinados à Saúde mostra que foram 41,93% em 2009, 44,53% em 2010 e 46,19% em 2011. “A Saúde é uma das nossas prioridades.

E o desafio é melhorar o atendimento ao público, mas estamos trabalhando para isso através da capacitação de pessoal, da ampliação dos serviços, das ações preventivas nos bairros, dos exames mais complexos em nossas unidades próprias ou nas conveniadas”, disse o prefeito Maurício Marques dos Santos.

No ano passado foram realizadas 61.109 consultas no Centro Clínico Dr. Sadi Mendes, das quais 5.780 de cardiologia, 4.701 de dermatologia, 3.272 de reumatologia.

Os indicadores de desenvolvimento humano, divulgados recentemente pelo Objetivo de Desenvolvimento do Milênio, programa criado pelas Nações Unidas para reduzir a miséria no mundo, apontam avanços significativos em Parnamirim.

A mortalidade de crianças até cinco anos de idade despencou de 53,7 em 1995 para 12,8 em 2010. A taxa de desnutrição caiu de 4,7 em  2004 para 1,3 em 2010. De acordo com as metas do milênio, 99,9% dos nascidos vivos em Parnamirim, em 2010, tiveram partos assistidos por profissionais qualificados de saúde.

A Maternidade Divino Amor, para onde vai boa parte dos recursos da Saúde, conta hoje com 60 leitos para atender mulheres grávidas e seus bebê e mais 10 leitos de UTI neonatal. Os serviços estão sendo ampliados. Já está em funcionamento uma enfermaria com seis leitos para atender pacientes do sexo masculino que precisam de cirurgias eletivas e nos próximos dias mais duas, com oito leitos cada, serão abertas. No ano passado foram realizados 3.349 partos, sendo 1.846 partos normais e 1.503 cesáreas. De 2009 a 2011 foram 11.291 partos.

Sobre a Operação Impacto, é importante lembrar como tudo começou; um ideal de luta contado por Raoni Fernandes

 

Por RAONI FERNANDES.

 

Muita gente recebeu com surpresa a notícia da condenação de 16 dos 21 acusados de envolvimento na Operação Impacto. É que, cinco anos após o escândalo que trouxe à luz o que acontecia nos porões da Câmara Municipal de Natal, corruptos e corruptores ainda apostavam no esquecimento, no desinteresse e na desmobilização social para livrarem a própria cara. Para desespero deles, não ficamos esperando calados pela decisão da Justiça. Enquanto tentavam se esconder, fomos às ruas para pedir sua responsabilização.

A Operação Impacto, deflagrada em 2007 pelo Ministério Público Estadual, revelou o esquema de pagamento de propina de empresários da construção civil a vereadores natalenses para derrubar os vetos do então prefeito Carlos Eduardo ao Plano Diretor de Natal. Na última segunda-feira (24), a sentença do juiz da 4ª Vara Criminal, Raimundo Carlyle de Oliveira, deu o esperado desfecho a o cas

o.

Muita coisa aconteceu até que fosse possível chegarmos a esse momento. Há exatos cinco anos, a gestão suprapartidária do grupo “Sonhos Que Podemos Ter”, recém-eleita para coordenar o DCE-UFRN, reuniu estudantes, funcionários e professores, sob coordenação da Professora Dulce (Arquitetura e Urbanismo), para debater o Plano Diretor de Natal. Graças a essa pequena organização, quando houve as primeiras denúncias sobre o esquema, conseguimos mobilizar a sociedade civil com o objetivo de pressionar o Ministério Público a investig

ar o caso.

Aquele pequeno grupo de estudantes que acabara de assumir a responsabilidade de resgatar a confiança da comunidade acadêmica conseguiu mobilizar não só a UFRN, mas outras instituiçõ es de ensino superior e

estudantes secundaristas em torno do tema do Plano Diretor. Dessa iniciativa, após inúmeras mobilizações, conseguimos reunir quase 50 entidades representativas (CUT, DCE’s, grêmios estudantis, movimento feminista, centros comunitários e sindicatos, entre outras) e criamos o Fórum Natal Cidade Sustentável.

O Fórum se reunia semanalmente na sede do Coletivo Leila Diniz e, sob a coordenação do DCE-UFRN, promoveu várias ocupações da Câmara Municipal. Impulsionados pela rebeldia, pela indignação e pelo inconformismo, conseguimos participar das votações e assembléias e pressionamos os vereadores com palavras de ordem, cartazes, faixas e protestos culturais. Como esquecer as palhaçadas do personagem Bicolin, criado pelo ator e coordenador de Cultura do DCE-UFRN, Rodrigo Bico, dando o ar divertido que precisávamos para não perdermos a força e a vontade de lutar pelos nossos ideais

?

Não há como esquecer também o triste dia em que o então presidente da Câmara Municipal, Dickson Nasser, fazendo uso dos seus “podres poderes”, como diz a canção de Caetano Veloso, nos expulsou do Plenário daquela Casa, alegando que não passávamos de “moleques”. É, vereador, o tempo terminou mostrando quem são os verdadeiros moleques dessa farsa que o senhor e os demais edis protagonizaram…

O senhor não sabe, vereador, como é gratificante ver que cada grito, cada protesto e cada palavra de ordem valeram a pena ao ver a imagem do senhor e dos seus cúmplices na TV e nos jornais com a legenda de “CONDENADO”. Para citar mais uma vez a mesma canção de Caetano Veloso, “Queria querer gritar setecentas mil vezes…”.

Essa é uma vitória épica, embora ainda parcial, construída com a participação de muitos pequenos heróis e determinada pela decisão também heróica de um juiz, que representa, sem exageros, um marco no combate à corrupção em nossa cidade. Talvez se o mundo fosse um pouco diferente, não precisássemos tratá-lo como herói, mas diante de uma realidade em que predomina impunidade, é preciso dar a César o que é de César.

Esse desabafo é uma maneira de relembrar a luta daquela juventude de 2007 nesse momento em que todos comemoram o desfecho da Operação Impacto. Por isso, faço um apelo aos jornalistas, formadores de opinião e qualquer um que venha a escrever sobre esse episódio para que não tirem de nós o sentimento dessa vitória da qual fomos protagonistas.

Já se foram cinco anos, mas lembro de muitos rostos determinados, dos amigos conquistados na luta, dos dias e madrugadas que passamos juntos batalhando pelo ideal comum.

Enquanto alguns esperavam a banda passar, fomos às ruas e construímos a história. Tenho orgulho de ter feito parte dessa juventude que não foi a reboque de ninguém, mas se mobilizou, liderou e decidiu os rumos dos fatos.

Não vamos continuar esperando, porque ainda há muito a acontecer até que, efetivamente, vejamos todos os culpados pagar pelos seus crimes.

 

*Raoni Fernandes foi Coordenador Geral do DCE-UFRN, Gestão “Sonhos Que Podemos Ter”, no período 2007-2008.

Júlio Protásio deixa relatoria da CEI dos Contratos e responsabiliza a TV Pontanegra e blogueiro pago pela Prefeitura por sua renúncia

No início da tarde desta quinta-feira (26), o vereador Júlio Protásio (PSB) encaminhou a presidente da Comissão Especial de Inquérito (CEI) dos Contratos, vereadora Júlia Arruda (PSB), um ofício solicitando o seu afastamento da relatoria da CEI.

Júlio Protásio renunciou a relatoria e a sua condição de membro da CEI dos Contratos.

O vereador entregará todo o seu trabalho como relator da Comissão à presidente Júlia Arruda, para que ela junto com os demais membros possam prosseguir e concluir o relató rio da CEI dos Contratos.

Veja abaixo o ofício enviado a presidente da CEI dos Contratos, Vereadora Júlia Arruda, e conheça os termos e os motivos expostos pelo vereador e ex-relator, Júlia Protásio, quando justifica o seu afastamento.

Natal, 26 de Janeiro de 2012.

A Excelentíssima Senhora
Júlia Arruda
Presidente da CEI

Por reconhecer o trabalho abnegado, técnico e sério feito pelos membros da CEI na busca da verdade sobre os contratos na Prefeitura de Natal, por ter passado durante toda esta semana sendo criticado e desqualificado na condição de relator pela TV Ponta Negra e pelo blogueiro Ricardo Rosado, que está na Folha de Pagamento da Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura, e que tem como objetivo maior desqualificar o trabalho sério e que já está concluído e prestes a ser divulgado, eu renuncio à condição de relator e membro da CEI e entrego todo o meu trabalho de conclusão de relatório á Vereadora Julia Arruda para que esta p ossa designar outro relator para finalizar

os trabalhos.

Eu sempre defendi a liberdade de imprensa.

Estou convencido de que nenhum sistema político aberto e democrático pode viver sem ela, porém a sociedade não pode admitir que um blogueiro pago pela prefeitura tente desqualificar um trabalho sério, competente, valoroso e que muita contribuição dará ao povo natalense.

Devo isso, em especial, aos membros da CEI, a qual faz um trabalho sério, cheio de lisura e muito competente. Não posso deixar que comprometam o valoroso trabalho dos vereadores engajados nesta Comissão. Aos companheiros que me outorgaram a honrosa responsabilidade, peço que jamais esmoreçam.

Sem mais para o momento e certo de contar com vosso atendimento, agradeço antecipadamente.

Atenciosamente,

Júlio Protásio
Vereador – PSB
1° Secretário

Jaime Calado emite Nota de Pesar pela morte do ex-auxiliar Gercino Saraiva

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, foi surpreendido pela notícia da morte de Gercino Saraiva na manhã desta quinta-feira (26), enquanto cumpria agenda administrativa no Gabinete Civil.

Jaime lamentou a morte do seu ex-auxiliar que teve uma atuaçã o brilhante n

o governo e emitiu nota de pesar.

NOTA DE PESAR


É com grande pesar e consternação que lamento o falecimento de José Gercino Saraiva Maia, um homem respeitável e com grande contribuição ao serviço público, não só de São Gonçalo, mas também em t od

o o Estado.

Gercino parte deixando um legado de trabalho e eficiência. Por onde passou deixou também sua marca, com otimismo e vontade de realizar as ações da melhor forma possível.

Em nome dos servidores da Prefeitura Municipal de São Gonçalo, e em especial dos companheiros da Secretaria Municipal de Assistência Social, me solidarizo com os familiares neste momento tão doloroso e de

despedida.

Quero também exaltar a figura de Gercino Saraiva como um homem que tive a profunda satisfação em tê-lo como parte de uma equipe que prestou e continua prestando serviços relevantes ao povo de São Gonçalo, a partir de suas experiências e suas orientações.

Prefeito Jaime Calado decreta luto oficial em São Gonçalo pela morte do ex-secretário Gercino Saraiva

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, assinou na manhã desta quinta-feira (26), documento decretando luto oficial por três dias em função da morte de José Gercino Saraiva Maia, ex-secretário municipal de Assistência Social do município.

Gercino integrou a lista dos auxiliares do prefeito Jaime assumindo a Semtas no início da gestã o, em 2009.

Em seguida recebeu a missão de atuar na Secretaria de Governo e Projetos Especiais, mas em função de problemas de saúde foi afastado para tratamento médico.

O ex-secretário travou uma batalha dolorosa contra o câncer e estava internado na Casa de Saúde São Lucas, onde faleceu na manhã de ontem (26). O corpo de Gercino foi velado no centro de velório da Rua São José e o sepultamento acontece hoje (27) pela manhã, às 9h, no cemitério Morada da Paz, em Emaús.

Assessora Sênior de Hillary Clinton visita Governo do RN

A secretária americana, Reta Jo Lewis, está no país visitando as cidades sede da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Em Natal, Reta Jo Lewis foi recebida pelo secretário chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho, e pelos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, e do Turismo – Ramzi Elali.

O objetivo das visitas é realizar cooperações bilaterais, fortalecendo acordo firmado entre o presidente Barack Obama e a presidente Dilma Rousseff quando o america no esteve

no Brasil ano passado.

“Queremos colher informações sobre quais são as áreas mais interessantes para se firmar parcerias tanto com o poder público como com o privado”, explicou a assessora.

O secretário Anselmo Carvalho explicou que a obra da Arena das Dunas está dento do cronograma previsto e apresentado à FIFA. Ele solicitou a possibilidade de enviar uma delegação formada por profissionais da área da segurança pública para conhecer o sistema adotado pelas polícias de estados como o de Nova York ou Washington, que historicamente recebem grandes eventos.

Reta Jo Lewis disse que nos EUA, 27 cidades costumam receber mega eventos como a Copa do Mundo, Jogos Olímpicos e torneios de Futebol Americano e que todas estão à disposição para receber a delegação potiguar para uma troca de experiências.

Já o Secretário de Estado de Turismo aproveitou a oportunidade para falar sobre a instalação de vôos direto dos EUA para Natal. “Temos quatro vôos semanais direto para a Europa e nenhum para os Estados Unidos”, disse Ramzi Elali.

O secretário Benito Gama reforçou a solicitação dizendo que o Governo do Estado se propõe a reduzir cerca de 15% o custo do combustível para tornar mais atrativo. “Sabemos que as companhias aéreas são empresas privadas, mas o Governo Americano pode nos ajudar na negociação”, falou o titular da Sedec.

Além desses assuntos, Benito Gama fez uma breve explanação sobre os potenciais econômicos do estado, como a energia eólica, energia solar, petróleo e gás, mineração, fruticultura, falou também sobre o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, cuja obra começa na próxima semana, e sobre as negociações do Governo do RN com o Governo Federal para a construção de um novo porto em Natal.

Reta Jo Lewis disse que vários governos americanos estão focados no Brasil e é grande o interesse de firmar cooperações bilaterais, principalmente nos setores que geram emprego.

Julgamento de autoridades com foro privilegiado poderá ter regras modificadas no Código de Processo Penal

A Câmara de Deputados analisa o Projet o d

e Lei 2632/11, do deputado Ronaldo Fonseca (PR-DF), que estabelece prioridade para o julgamento de processos criminais contra autoridades que tenham foro privilegiado.

Segundo o deputado, o objetivo é acelerar esses processos e “dar uma resposta ao clamor social por mais transparência e justiça”. O projeto acrescenta a medida ao Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3689/41).

O foro privilegiado ou especial consiste na prerrogativa de julgamento de autoridades por tribunais, eliminando-se o julgamento de primeira instância, nos quais a condução do processo e o julgamento cabem a apenas um juiz.

Esse foro foi criado com a justificativa de proteção do exercício da função ou do mandato (se o ocupante do cargo deixa suas funções, deixa de haver o foro privilegiado).

Ronaldo Fonseca afirma, no entanto, que há uma acumulação desses processos nos tribunais, que levam muito tempo para julgá-los. “Há uma ausência de resultados práticos em relação ao trâmite de processos de competência pela prerrogativa de função, principalmente quanto ao tempo de duração.

Nos crimes comuns, compete ao Supremo Tribunal Federal (STF) proc essar

e julgar o presidente da República, o vice-presidente, os deputados e os senadores, os ministros do próprio tribunal e o procurador-geral da República. Compete ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) processar e julgar os governadores.

Aos tribunais de Justiça, compete julgar os prefeitos.

(Agência Câmara)

Regulação da cobrança do ICMS em compras realizadas no comércio eletrônico causa controvérsias entre Estados brasileiros; Senado dará a palavra final

O imposto nas operações de comércio eletrônico está no centro de uma guerra entre estados que o Senado

terá de resolver em 2012. Tudo começou quando 19 unidades federativas passaram a exigir uma parte do ICMS relativo a mercadorias

adquiridas de sites localizados em outros estados.

Como o ICMS já é cobrado na origem, entidades empresariais do comércio e da indústria questionaram a “superposição indevida” caracterizada pela cobrança no destino das mercadorias. Para as entidades, há uma violação clara dos dispositivos constitucionais que tratam do ICMS.

O caso foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF), que ainda não decidiu se as entidades, as confederações nacionais da Indústria (CNI) e do Comércio (CNC), têm razão. Em caso semelhante, o Plenário do STF já suspendeu a eficácia de uma lei do Piauí que cobrava o ICMS dos consumidores piauienses que faziam compras em sites de outros esta

dos.

O relator, ministro Joaquim Barbosa, concordou com os argumentos do Piauí quanto ao agravamento das distorções entre os estados, causado pelo “rápido avanço tecnológico“. Mas discordou da forma como o Piauí fez a alteração, que depende de “verdadeira reforma tributária“, que não pode ser realizada “unilateralmente por cada ente político da federação”.

POLÊMICA
A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado iniciou a discussão do assunto na análise do Projeto de Resolução do Senado (PRS) 72/2010, de autoria do líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR).
Esse PRS, que originalmente trata das alíquotas de ICMS nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados, é um dos pontos da reforma tributária fatiada defendida pelo Ministé rio da Fazen

da.

Por tratar de tema polêmico – a guerra fiscal -, ainda não avançou no Senado.

***
LEIA MAIS EM http://www.senado.gov.br/noticias/senado-tera-que-regular-icms-do-comercio-eletronico.aspx   

(Com informações da Agência Senado)

Diretor Geral do DNOCS, Elias Fernandes, emite Nota de Esclarecimento à população

DNOCS
NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, a respeito de notícias veiculadas na imprensa brasileira sobre possíveis sobrepreços de 312 milhões em obras e serviços auditados pela Controladoria Geral da União – CGU, vem a público informar o que se segue:

01 – A complementação salarial devida aos servidores do DNOCS (VPNI), nos percentuais de 70% e 100% do vencimento básico de níveis médio e superior, foi implementada através de Decreto-Lei nº 2.438, de 1988, não tendo o DNOCS governança sobre a implantação da política salarial dos seus servidores e instado o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão a se posicionar acerca do tema,

a Secretaria de Recursos Humanos daquele Ministério, em Nota Técnica, assim se manifesta: “…por esta mesma razão não há falar em responsabilização dos Gestores que, em atendimento às determinações desta SRH/MP aplicaram o raciocínio esposado por meio da Nota Técnica Conjunta nº 01/2009/COGES/COGJU/DENOP/SRH/MP.”, não podendo ser imputado a este órgão a responsabilização dos valores pagos aos servidores de R$ 119,7 milhões no período de 2006 a 2011.

02 – A Barragem de Congonhas, orçada em R$ 160 milhões, no estado de Minas Gerais, foi licitada em 2002 e suas obras nã o f

oram iniciadas até a presente data, sobretudo por problemas ligados a licenças  ambientais. O contrato com o consórcio que iria construir a obra foi rescindido por este diretor geral, com publicação pelo Diário Oficial da União em 29 de dezembro de 2011.

03 – Os convênios firmados com o estado do Rio Grande do Norte,  pelo DNOCS, envolvendo recursos da ordem de R$ 12 milhões, que representam apenas 5,05% dos valores repassados pela Defesa Civil aos estados, a sua execução é de total responsabilidade das prefeituras, (licitar, contratar e executar) ficando o DNOCS apenas com a responsabilidade de repassar os recursos e acompanhar o andamento dos serviços.

04 – Na barragem Figueiredo, algumas das obras e serviços apontados pela imprensa com desvio

de recursos da ordem de R$ 13,65 milhões não foram executadas. Portanto, não houve qualquer desvio. Se houve algum equívoco na análise técnica dos serviços, isto está sendo apurado, e como medida preventiva, a Comissão de Fiscalização foi destituída pela atual direção geral e nomeada outra, para dar prosseguimento aos trabalhos, que deverão ser retomados após a quadra invernosa, a partir do mês de junho.

05 – Com relação a possíveis irregularidades apontadas nos contratos 45 e 46/2002 que apontam sobrepreço na compra dos tubos de ferro, o DNOCS, desde setembro de 2011, somente tem pago às empresas, os valores apontados pela CGU. No mais,  aguarda decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que está analisando o caso e dará a ú ltima palavra sobre o tema.

06 – O Contrato PGE-03/2008, celebrado junto à empresa Hydros Engenharia, encontra-se sob análise da Diretoria de Infraestrutura Hídrica do DNOCS, que está analisando os argumentos da empresa, em respeito aos princípios constitucionais do contraditório e ampla defesa. Ato contínuo, com o respaldo de sua Procuradoria Geral, adotará as providências cabíveis. Cautelarmente, o DNOCS reteve o pagamento da empresa até que seja concluída a análise.

Vale ressaltar que o relatório produzido pela Controladoria Geral da União contabiliza como desvios de recursos públicos ou prejuízo ao erário, ações que sequer saíram do papel, à exemplo da barragem Congonhas, onde a CGU assevera que houve prejuízo da ordem de R$ 126 milhões, quando, na realidade, essa obra sequer fora iniciada, e prejuízo de R$ 119,7 milhões por pagamento de uma VPNI a servidores, tema o qual o próprio Ministério do Planejamento, através de Nota Técnica, reconhece a inexistência de culpa de qualquer gestor do DNOCS, uma vez que a governança do tema compete ao próprio Ministério.

Fortaleza, 24 de janeiro de 2012

Engº Elias Fernandes Neto
Diretor Geral do DNOCS

Projeto de Lei fixa anuidade dos conselhos de Fonoaudiologia em R$ 350

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 2739/11, do Senado, que fixa em R$ 350 a anuidade devida por profissionais e empresas aos conselhos regionais

e federal de Fonoaudiologia.

A proposta altera a Lei 6.965/81, que regulamenta a profissão de fonoaudiólogo e hoje não estabelece valores para a anuidade, encarregando o Conselho Federal de fazê-lo.

Na opinião do autor do projeto, senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), a regra atual é insuficiente. “Nossos tribunais vêm decidindo que essas contribuições, por serem de natureza tributária, devem ter seus limites definidos em lei, o que não ocorre na legislação citada”, afirma. “Ademais, essas decisões podem acarretar a insuficiência financeira de todo o sistema, ocasionando riscos à saúde da população de um modo geral.

Conforme a projeto, o valor proposto poderá ser corrigido anualmente pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O Conselho Federal de Fonoaudiologia poderá ainda conceder desconto para o pagamento antecipado das anuidades aos conselhos regionais. A proposta també m obriga os conselhos regionais e o federal a prestar contas anual

mente a seus inscritos.

(Agência Câmara)

Fundac realiza Colônia de Férias em Mossoró

A Fundação de Apoio à Criança e ao Adolescente (FUNDAC) – regional de Mossoró – iniciou sua Colônia de Férias. A programação foi aberta na segunda-feira (23) e vai até a sexta-feira (27), envolvendo crianças e atendidos pelo Centro Educacional (CEDUC) e o Centro Integrado da Criança e Adolescente (CIAD) de Mossoró. A ação tem a participação de 35 jovens que cumprem medidas sócioeducativas nos órgãos estaduais.

A diretora da Fundac/Mossoró, Aldezira Marques, informou que o objetivo da ação é resgatar a autoestima dos jovens, bem como estimular a reintegração e a interação social deles, além de mantê-los distante da ociosi

dade.

Eles têm a oportunidade de dançar, cantar, jogar, brincar e se divertir”, disse. Para a Colônia de Férias, a coordenadora informou que uma equipe da Fundac/Natal está colaborando nas atividades.

O coordenador de Esporte, Cultura e Lazer da Fundac/Natal, Severino Ramos, disse que os jovens participam de torneios esportivos e culturais e têm acesso a palestras sócioeducativas.

Apesar de serem edifícios comerciais, Prefeito admite que pode haver vítimas sob os escombros dos dois prédios que desabaram hoje no Rio; quatro pessoas feridas foram retiradas do local

O prefeito Eduardo Paes disse há pouco que há possibilidade de existir pessoas sob os escombros dos

prédios que desabaram esta noite no centro do Rio de Janeiro.

Paes confirmou a retirada de quatro pessoas feridas.

Elas foram levadas para o Hospital Souza Aguiar.

Segundo o prefeito, são dois os prédios que desmoronaram: um com 20 andares e outro com dez.

Ele não descartou a possibilidade de vazamento de gás, mas considerou como hipóteses mais provável a ocorrência de uma falha estrutural, pois os imóveis eram antigos.

Os dois edifícios ficavam nos fundos do Theatro Municipal.

Uma tenda com assistentes sociais foi montada próximo ao local do desmoronamento para atender parentes das vítimas. Os dois prédios abrigavam salas comerciais e uma agência bancária no térreo.

(Agência Brasil)

Empresas estão trocando o tradicional currículo pelo Twitter ou Facebook do candidato em processos de seleção

Para algumas companhias, vídeos interativos e perfis em redes sociais

já mostram mais sobr e os int

eresses e reais habilidades das pessoas.

A era digital também chegou aos processos de seleção de candidatos

a vagas de empregos.

A Union Square Ventures, companhia de capital de riscos e investidora de grandes nomes do mundo online como Twitter, Foursquare e Zynga, já exigem que o candidato envie perfis no Twitter e Tumblr, junto de um vídeo demonstrando o interesse na posição, ao invés do antigo currículo.

Em uma matéria do jornal norte-americano The Wall Street Journal, a empresa afirma que esse processo seleciona os melhores candidatos, principalmente para eles, que são altamente envolvidos com internet e redes sociais.

Outros meios, como o LinkedIn, vídeos e até questionários online também são novas formas escolhidas para seleçã o de candidat

os. Para Christina Cacioppo, associada da Union Square, os currículos não dizem muito sobre os candidatos: “Estamos mais interessados em como as pessoas são, com o que elas gostam de trabalhar e como elas pensam”, diz.

Para Todd Carlisle, diretor do Google, informações como experiências anteriores, hobbies, atividades extracurriculares, como pintar casas ou fazer uma tour com uma banda de punk rock, ajudam a mostrar como o candidato se encaixaria na cultura da companhia.

(Olhar Digital)

Governo Federal economizou R$ 1 bilhão em passagens aéreas e diárias em 2011

O governo federal economizou R$ 1 bilhão em despesas com passagens aéreas e diá rias em 2011.

Segundo dados do Ministério do Planejamento, na comparação com 2010, houve redução de 43% nos gastos com esses serviços. As despesas registradas no ano passado somaram R$ 1,3 bilhão ante R$ 2,3 bilhõ es em 2010.

Para a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, a economia é resultado do esforço da administração federal, que prioriza a qualidade do gasto público. “Estamos determinados em dar continuidade à melhoria do gasto, otimizando os recursos para que sejam, cada vez mais, revertidos para a melhoria dos serviços à população e ao aprimoramento da gestão. Tudo isso foi feito sem prejuízo aos serviços estratégic os e sem penalizar

os resultados. Estamos tirando excessos e adotando tecnologias alternativas. Trata-se de uma mudança de cultura no governo federal”, explicou ela.

Segundo o secretário de Logística e Tecnologia da Informação, Delfino Natal de Souza, o uso de recursos como videoconferências, portais colaborativos e redes sociais contribuiram para a redução dos gastos. “A adoção de novos mecanismos tecnológicos trouxe como resultado a modernização da gestão”.

(Agência Brasil)

Consumidores pagarão menos por chamadas de telefone fixo para celular

A partir de fevereiro, os consumidores pagarão menos pelas chamadas telefônicas de fixo para móvel. O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) definiu ontem (24) que o valor das tarifas dessas chamadas será reduzido. Em média, a redução será de 10% sobre os valores pag

os pelos consumidores. Apesar de ter sido aprovada na noite de ontem, a medida só será válida a partir do mês que vem.

A decisão faz parte de uma norma da Anatel, aprovada em outubro de 2011,

que define que os usuários deverão ser beneficiados com a redução de tarifas, de forma gradual, até 2014. A ideia é fazer com que os usuários possam obter ganhos de até 45% no que se refere ao pagamento de tarifas telefônicas.

Pela decisão da Anatel, aos poucos, os usuários vão pagar cada vez menos.

No total, a agência pretende promover a redução em três etapas. A última deve ficar em 7%.

Até o fim do ano passado, os consumidores pagavam, em média, R$ 0,54 por ligação de telefone fixo para móvel. A idéia é que a partir de fevereiro eles passem a pagar R$ 0,48. Depois, em 2013, paguem R$ 0,44 e, em 2014, R$ 0,425.

A norma foi publicada em novembro de 2011.

Após a publicação, as empresas de telefonia tiveram 20 dias para a execução da medi

da. Em caso de não cumprimento, a Anatel informou que tomará as providências em relação a essas empresas.

(Agência Brasil)