Arquivo diários:9 de junho de 2015

Deputados do RN recebem visita do deputado Jeová Campos, presidente da Frente Parlamentar da Água na Paraíba

Foto Filipe Mamede
Foto Filipe Mamede

Deputados estaduais do Rio Grande do Norte receberam hoje (8), na Assembleia Legislativa (ALRN), a visita do deputado estadual da Paraíba, Jeová Campos (PSB), presidente da Frente Parlamentar da Água no estado vizinho. A ocasião serviu para ouvir do parlamentar sua experiência diante do problema da seca, uma realidade também do estado potiguar. Uma iniciativa do deputado Galeno Torquato (PSD), a reunião contou com as presenças dos deputados George Soares (PR), Gustavo Fernandes (PMDB) e do presidente da Casa, o deputado Ezequiel Ferreira (PMDB).

O deputado paraibano, Jeová Campos, defendeu que a questão da água deve ser tratada como prioridade em todos os estados do Nordeste e reforçou a necessidade de uma ampla aliança das casas legislativas com o objetivo de trazer mais legitimidade para a causa. Entre as iniciativas adotadas na Paraíba vistas como exitosas, o deputado Jeová elencou a realização de visitas às obras de enfrentamento à seca, além da realização constante de audiências públicas em municípios onde o colapso do acesso à água é mais evidente.

O deputado Galeno Torquato deverá apresentar nos próximos dias um requerimento solicitando a criação formal da Frente Parlamentar da Água no Rio Grande do Norte. “À exemplo do que vem ocorrendo na Paraíba, nossa Frente pretende reunir prefeitos, deputados estaduais, federais, senadores e o governador em torno recursos hídricos, tema que afeta diariamente a população norte-rio-grandense”, salientou o deputado Galeno.

Carlos Eduardo sobre o Hub no “Motores do Desenvolvimento”: “De nossa parte, há uma total disposição de colaborar. A vinda do hub gerará 10 mil empregos diretos”

Com a participação do prefeito Carlos Eduardo, do governador Robinson Faria, do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, do presidente do Sistema Fecomércio/RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, e do presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales, entre outras autoridades, foi realizado nesta segunda-feira (8), no Versailles Recepções, a primeira edição de 2015 do seminário Os Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte, que abordou o tema “Perspectivas e desafios para o turismo do RN”.

Foto Joana Lima_5
Foto Joana Lima

O prefeito Carlos Eduardo destacou a importância do seminário como fórum para debater as relevantes questões do turismo em Natal. Ele disse que a possível instalação do hub do Grupo LATAM no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, localizado no município de São Gonçalo do Amarante, trará um importante impulso para a economia da capital e da região metropolitana. Hub é um centro de conexões de voos. No caso do Nordeste, o objetivo da LATAM (fusão entre as companhias aéreas LAN Chile e TAM) é ampliar a atuação das empresas do grupo em voos entre a América do Sul e a Europa.

Na ocasião, o chefe do executivo municipal destacou as vantagens de Natal na disputa direta com Recife e Fortaleza pela escolha do centro de conexões de voos da LATAM: aeroporto privado e instalado numa área não urbana, proximidade da África e da Europa, rede hoteleira superior às outras capitais e a refinaria Clara Camarão, que produz querosene de aviação. “Na nossa visão, estes são passos fundamentais para que o hub da LATAM seja instalado em Natal. De nossa parte, há uma total disposição de colaborar. Com a união do poder público e da iniciativa privada, a vinda do hub gerará 10 mil empregos diretos. Temos certeza que estamos no caminho certo”, ressaltou o gestor.

Ainda conforme Carlos Eduardo, a Prefeitura está fazendo a sua parte para continuar atraindo turista o ano inteiro. Destacou a urbanização da orla marítima das praias centrais e de Ponta Negra, o Natal em Natal com suas dezenas de atrações e o Carnaval, que, segundo ele, a cada ano se consolida.

O Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte é uma realização da Empresa Jornalística Tribuna do Norte, RG Salamanca, Sistema Fecomércio/RN, Sistema FIERN e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com o patrocínio da CVC, Governo do RN, Sebrae/RN, Assembleia Legislativa do RN, Prefeitura do Natal e da Cosern.

Em Parnamirim, SEMUR recebe EIA/RIMA para a construção de shopping

Foto DivulgaçãoA Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Parnamirim está em fase de análise do Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) referente à construção do Shopping Center Praça das Dunas, que será localizado às margens da BR-101, no Bairro de Emaus.

O EIA/RIMA foi publicado no dia 21 de maio no Diário Oficial da Prefeitura para o conhecimento da comunidade de Parnamirim.

A Secretaria de Meio Ambiente dará seu parecer técnico a partir do relatório e convocará audiência pública para apresentar o projeto à sociedade.

Estudos Ambientais são todos e quaisquer estudos relativos aos aspectos ambientais relacionados à localização, instalação, operação e ampliação de uma atividade ou empreendimento, apresentado como subsídio para a análise da licença requerida, tais como: relatório ambiental, plano e projeto de controle ambiental, relatório ambiental preliminar, diagnóstico ambiental, plano de manejo, plano de recuperação de área degradada e análise preliminar de risco.

O projeto do Shopping Parque das Dunas será desenvolvido em cinco anos com um investimento de R$ 300 milhões, segundo informações da empresa responsável. Pelo projeto inicialmente apresentado a área é de 68 mil metros quadrados, 207 lojas, além de um hipermercado e um complexo de cinema com seis salas, 34 operações de Fast-Food e dois restaurantes.

Em Nota, SETHAS esclarece sobre o evento cancelado que traria Cláudia Matarazzo para palestrar sobre etiqueta e elegância

O Governo do Estado, por meio da SETHAS (Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social) envia ao blog Nota de Esclarecimento em resposta à publicação feita ontem (8), intitulada “Primeira-dama Julianne Faria falta com a ‘etiqueta’ e desmerece inteligência crítica do cidadão potiguar” (http://www.kallynakelly.com.br/governo-do-estado/48928/ ).

Em respeito ao direito de resposta e reiterando que este espaço jornalístico é democrático e está sempre aberto a ouvir vozes e versões, publicamos a referida Nota.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Com o objetivo de repor a verdade aos seus leitores, solicitamos a publicação dos seguintes esclarecimentos:

Ao contrário do que foi afirmado na postagem desta segunda-feira (8) intitulada “Primeira-dama Julianne Faria falta com a ‘etiqueta’ e desmerece inteligência crítica do cidadão potiguar”, a palestra de Cláudia Matarazzo seria realizada gratuitamente. Ela veio ao Rio Grande do Norte para lançar um livro e realizar outra palestra, em um evento privado. Convidada pelo governo do Estado, Claudia Matarazzo se dispôs a palestrar gratuitamente.

A palestra, ao contrário de ser “um cursinho de lapidação”, conforme mencionado, trataria de temas como a organização de eventos, cerimonial, recepção de autoridades, importância da atuação das primeiras-damas nos municípios, com foco nas políticas públicas e sociais.

Eram esperadas cerca de 300 pessoas, entre prefeitas, primeiras-damas, e representantes de outros poderes. O evento seria o 1º Encontro de Prefeitas e Primeiras-Damas do RN, que teria como abertura, a palestra da secretária executiva da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Ceará (APDMCE), Amélia Prudente. O evento tinha como objetivo tratar de experiências de sucesso no Ceará, ao mesmo tempo em que promoveria a integração e troca de experiências entre gestores.

A representante da APDMCE iria apresentar os projetos realizados naquele estado em parceria com o Unicef: Estação da Leitura, O Ceará Cresce Brincando, Eu Sou Cidadão e Beija-Flor.

 

***

O BLOG COMENTA: Direito de resposta dado, mas duvido que a resposta satisfaça a inteligência crítica do cidadão potiguar. Ao menos a minha, garanto que não.

Robinson Faria e JulianneO convite é claro em apenas mencionar a palestra de etiqueta e elegância (traduzindo, “um curso de lapidação”), a qual seria ministrada às prefeitas e primeiras-damas do Estado do RN. Nada mais é mencionado no convite oficial. Por medo da repercussão negativa da opinião pública e dos possíveis desdobramentos jurídicos que tal ato “imoral” pudesse vir a trazer à gestão – improbidade administrativa – o governador recuou, desautorizou a primeira-dama e mandou que cancelasse o evento. E rápido. E criatividade não faltou. Uma série de assuntos “relevantes” despencaram em cachoeira como temas principais do evento, deixando a “elegante” palestra, único assunto destacado no convite, num plano secundário. Mas é o próprio convite que desmonta e desmente tanta criatividade, cuja ênfase recai tão somente sobre a “etiqueta”. Tudo isso acontece em um contexto de crise financeira, onde o básico das obrigações governamentais não são cumpridas (saúde e segurança pública que o digam), quando a seca assola o estado inteiro e o homem do campo carece da ação do governo, quando o subsolo de alcaçuz é um emaranhado de túneis com os detentos fazendo chacota das ridículas e inúteis reformas, entre um cem número de mazelas e ausências. Mas o governo, em nome da excelentíssima primeira-dama, gasta tempo e energia para tratar de importante tema como elegância e etiqueta. Aliás, quanto à palestra ser gratuita irei investigar, pois essa explicação eu e muita gente, elegantemente, não engole não. Até mesmo porque, se era gratuito, se era relevante, se estava correto, porque cancelar?

Repito: “Futilidade e inutilidade cabem na medida certa à primeira-dama do RN neste deselegante episódio”.