Blog editado a partir de Natal/RN - Brasil.

Publicidade
Instagram
Twitter
Publicidade
Buscar
Calendário
junho 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Publicidade
Publicidade

Archive for junho 2nd, 2017

Projeto de centro comercial do Alecrim é debatido em audiência pública

O prefeito Carlos Eduardo participou na tarde desta sexta-feira, 2 de junho, de audiência pública na Câmara Municipal sobre o tema Desenvolvimento Econômico do Alecrim, proposto pelo vereador Ney Lopes Júnior. A audiência foi uma oportunidade para se explanar o projeto de construção de um centro comercial no bairro, tendo como uma das áreas destinadas o antigo Teatro Municipal Sandoval Wanderley. Ainda de acordo com projeto proposto pela Prefeitura, ficaria assegurada a construção de um novo Teatro Municipal no bairro da Ribeira.

A audiência pública contou com a participação ainda do vice-prefeito, Álvaro Dias, de secretários municipais, representantes da classe econômica, como entidades ligadas ao comércio, como o presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, presidente da CDL Natal, Augusto Vaz, presidente da Associação dos Empresários do Alecrim, Francisco Derneval, e da classe artística da cidade, representada pelo ator César Ferrario, da Rede Potiguar de Teatro, além da representante do Sindicato dos Arquitetos, Flávia Laranjeira.

De acordo com o vereador Ney Lopes Júnior, que propôs a discussão sobre o tema, uma das grandes preocupações atualmente é o desemprego e dentro deste cenário as buscas de alternativas para enfrentar o problema. No caso do projeto para a construção do centro comercial, ampliaria a oferta de empregos na área com investimento de R$ 55 milhões de um outlet com capacidade de 280 lojas em área de 35 mil m2, com capacidade de mil vagas de estacionamento. Inicialmente seria uma oferta imediata de cerca de dois mil novos postos de trabalho somente no bairro, podendo chegar a seis mil.

O Alecrim, há cem anos tem vocação comercial e vem se deteriorando. E vi nessa oportunidade da iniciativa privada de renovar o bairro e oferecer trabalho”, afirmou o prefeito, elencando melhorias que poderão vir à Cidade. O projeto, no entanto, ainda vai ser encaminhado para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) para ser apreciado e posteriormente seguir processo licitatório.

Venho pedir a esta Casa que o poder legislativo contribua para que não deixe acontecer com o Alecrim o que aconteceu com a Ribeira e centro histórico”, disse o prefeito.

A importância comercial do bairro e seu resgate, foi destacada pelo presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz. O presidente da Associação dos Empresários do Alecrim, Francisco Derneval, falou da necessidade da revitalização do bairro que segundo ele ainda tem força comercial, mostrando alguns números, como a população circulante no comércio: anteriormente chegou-se a ter 100 mil pessoas por dia, durante a semana e no fim de semana, metade disto. Atualmente, este público é estimado em 50 mil pessoas.

O projeto proposto também contempla a urbanização do Alecrim, como as áreas da tradicional Praça Gentil Ferreira, e do entorno do Relógio.

O ator César Ferrario, que defende a permanência do Teatro no bairro do Alecrim, pediu que o assunto seja discutido amplamente.

No caso do Teatro Municipal Sandoval Wanderley, de acordo com o projeto, seria transferido do bairro do Alecrim para a Ribeira, este considerado de grande importância para a área cultural com cerca de 22 equipamentos, entre públicos e privados. Além da garantia da construção do Teatro nos mesmos moldes do antigo, com prazo de um ano, será criado ainda um fundo para manutenção da nova casa de Cultura.

O prefeito Carlos Eduardo destacou ainda na audiência investimentos da atual gestão na área cultural pela lei Municipal Djalma Maranhão, de R$ 5 milhões em mais de cem projetos. “Nós não temos condições financeiras na prefeitura de Natal no sentido de resgatar o Teatro”, disse o chefe do executivo municipal referindo-se à crise que atinge o país e que traz reflexos para setores essenciais das administrações municipais, como a Educação e a Saúde.

O secretário Municipal de Cultura, Dácio Galvão, explicou que o projeto do Teatro Municipal na Ribeira seguirá o formato do antigo Sandoval Wanderley, de arena, tendo ainda sala para a Banda Sinfônica, sala para a Escola de Teatral e sala de memória com mostra audiovisual permanente sobre o Teatro fundado nos anos 60.

Uma nova audiência pública para tratar sobre o Teatro Municipal será realizada no próximo dia 9, a partir das 14h.

Hospital Municipal de Natal amplia atendimento do setor de ortopedia

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ampliou o horário de atendimento do setor de ortopedia do Hospital Municipal de Natal Dr. Newton Azevedo. O serviço, que antes ofertado das 7h até as 19h, agora se estenderá até a meia-noite.

A mudança se deu para poder oferecer uma maior cobertura para a população natalense, principalmente depois do processo de regulação do Walfredo Gurgel, que atende pacientes politraumatizados graves e vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC). “Aqui nós realizamos o atendimento de média e baixa complexidade. Diante da necessidade atual, a SMS decidiu que o melhor caminho era ampliar esse horário de atendimento”, destacou Renata Campos, diretora do HMN.

Antes da mudança – que começou nessa quinta-feira (1) – a média de atendimento no setor era de 80 pessoas por dia. No espaço, os usuários encontram serviço como o raio-x, sutura, imobilização e medicação, sempre antes passando por um atendimento com um médico especialista.

Nas últimas semanas fizemos capacitações com a nossa equipe, que foi ampliada para poder atender a demanda com o novo horário. Os técnicos de enfermagem, por exemplo, passaram por capacitação para poderem fazer a sutura dos pacientes”, frisou Renata.

Prefeito Rosano Taveira garante defender a legalidade do concurso público da educação

Na manhã desta quinta-feira (01), o prefeito Rosano Taveira participou de uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Parnamirim (SINTSERP) e garantiu que irá defender a legalidade do concurso público da educação, realizado pela prefeitura no ano de 2015.

O Tribunal de Contas do Estado questionou a ausência de informações sobre os impactos orçamentários e financeiros diante da nomeação dos servidores contratados através deste concurso público e recomentou o cancelamento do certame e a demissão dos aprovados. O prefeito demonstrou preocupação com a situação, mas afirmou que irá apresentar ao TCE todas as informações requisitadas. “Faremos o possível para garantir a legalidade do concurso. O problema foi a falta de informações sobre o impacto na folha e já estamos providenciando os dados solicitados“, garantiu.

O procurador geral do município, Fábio Pinheiro, explica que a prefeitura recebeu um prazo para enviar os dados ao tribunal. “Teremos um período de 30 dias para demonstrar que todas as medidas necessárias a manutenção de gastos de pessoal estão sendo tomadas. Faremos todos os apontamentos necessários para defender o concurso e garantir a permanência dos aprovados”, explicou.

Fórum Eleitoral de Natal tem novo horário de funcionamento

O Fórum Eleitoral de Natal, situado na Avenida Zacarias Monteiro, S/N, Tirol, passou a funcionar, a partir desta quinta-feira, 1º de junho de 2017, de segunda à sexta, de 8h às 14h, com expediente interno de 14h às 15h. A mudança do horário para atendimento foi publicado no Diário de Justiça Eletrônico (DJE), em 10 de maio de 2017.

Na sede do TRE-RN, localizada na Praça André de Albuquerque, 534, Centro de Natal, os horários permanecem os mesmos: o atendimento funciona de segunda a quinta-feira, das 13h às 19h, e às sextas-feiras das 8h às 14h.

O horário de funcionamento nas Zonas Eleitorais do interior do Estado também não sofreu alteração, o expediente ocorre de segunda a sexta, das 8h às 14h, lembrando que o atendimento ao público se encerra às 13h, sendo a última hora dedicada ao expediente interno.

Zona Norte terá Ecoponto na Semana do Meio Ambiente

O ponto de coleta de lixo eletroeletrônico estará na Estácio Zona Norte do dia 6 a 9 de junho

 

Os moradores da Zona Norte de Natal podem contar com a estrutura da faculdade Estácio para o descarte de lixos eletrônicos. A instituição está participando da sexta campanha de recolhimento de resíduos eletroeletrônicos realizada pela Prefeitura do Natal de 6 a 9 junho – na Semana do Meio Ambiente. A Estácio Zona Norte está localizada na Av. Henrique Dias, bairro Igapó.

Para quem tem dúvidas, o lixo eletrônico é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos, como por exemplo, peças de televisores, computadores, impressoras, celulares, calculadora, etc. Estes materiais não devem ser jogados junto ao lixo comum. O descarte correto é importante para evitar a contaminação e poluição do meio ambiente.

Para a coordenadora acadêmica da Estácio Zona Norte, Carolline Candeias, a faculdade enquanto instituição de ensino tem a responsabilidade de estimular entre os estudantes e a população boas práticas. “É imprescindível para a Estácio participar desta campanha. Queremos ser referência para a comunidade como um local aberto para ações educativas e sociais”, ressalta.

Segundo o Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma), cerca de 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico são geradas por ano no mundo e entre os países emergente, o Brasil é o que mais gera lixo eletrônico. A cada ano o Brasil descarta cerca de 97 mil toneladas métricas de computadores; 2,2 mil toneladas de celulares; e 17,2 mil toneladas de impressoras.

Prefeito Carlos Eduardo participa de evento com jovens empresários do País em Natal

O Prefeito Carlos Eduardo foi convidado de honra na Assembleia Geral Ordinária da Confederação Nacional dos Jovens Empresários, na manhã desta sexta-feira (2), no hotel Ocean Palace, na Via Costeira.

Representantes de todo o País discutiram os rumos do empreendedorismo no Brasil e definiram a sede do próximo Congresso Nacional de Jovens Empresários – CONAJE. Bahia e Paraná apresentaram seus projetos e disputaram o voto dos conselheiros.

Bem-humorado, o prefeito Carlos Eduardo sugeriu que Natal poderia ser o consenso para a disputa entre baianos e paranaenses, arrancando risos dos presentes.

Carlos Eduardo enfatizou a vocação turística da cidade, na qual a economia se baseia fundamentalmente no tripé formado entre essa importante atividade econômica, a área de serviços e o comércio.

O prefeito relembrou a história da cidade e sua evolução para justificar a realidade multicultural da capital potiguar, bem como sua abertura para receber pessoas e investimentos de todo País e até do mundo.

“Natal é uma cidade que, apesar da crise econômica, ética, moral do País tem a vocação imbatível para o desenvolvimento econômico e social“, comentou o prefeito, relacionando a proposta da atual gestão de seguir com os trabalhos mesmo em meio à crise brasileira.

Carlos Eduardo ainda citou histórias de sucesso do empresariado local e as parcerias constantes realizadas entre a atual gestão e os empresários.

Diante dos jovens empreendedores da AJE – Associação de Jovens Empreendedores do Brasil, o prefeito reafirmou os compromissos para que a Prefeitura encontre, junto com a iniciativa privada, o caminho para o fim da crise e a devolução dos empregos para aqueles que foram atingidos pela queda na atividade econômica. “Temos que valorizar a iniciativa privada. Olhando para jovens empreendedores como vocês, que lutam contra encargos que prejudicam a empregabilidade é que nós temos esperança no futuro“, afirmou.

O presidente do CONAJE, Guilherme Gonçalves, que ao lado do presidente do Conselho de Diretores Lojistas de Natal, Augusto Vaz, recebeu o prefeito, se disse satisfeito ao ouvir palavras de incentivo do chefe do executivo municipal e aprovou a relação de parceria existente na capital potiguar.

“Quando ouvimos palavras como a do Prefeito Carlos Eduardo, que se mostra um parceiro da iniciativa privada e reconhece nossa importância para o desenvolvimento do País, isso nos fortalece. É esse tipo de relação que buscamos para empreender e mudar o Brasil“, comentou o presidente do CONAJE.

Parnamirim intensifica realização de cirurgias eletivas

A Secretaria de Saúde de Parnamirim está intensificando a realização de cirurgias na Maternidade Divino Amor com a proposta de reduzir afila de espera dos pacientes. Amanhã, 3, estão marcadas 6 cirurgias de mama. De acordo com a diretora da Maternidade, Júlia Ferreira Lopes, de janeiro a maio foram realizados 269 procedimentos, mas a fila de espera é de 269 pacientes.

No próximo dia 10 faremos um mutirão de cirurgias de vesícula porque temos 74 pacientes na fila de espera. A nossa meta é reduzir o tempo de espera dessas pessoas. E, estamos agendando para o sábado, justamente porque durante a semana já realizamos cirurgias“, justificou a diretora.

A informação da Maternidade Divino Amor é de que em 5 meses foram realizadas 257 cirurgias de histerectomias, hérnias, mama, vesícula (colecistectomia), laqueadura tubárea, postectomia, vasectomia e hidrocele.

Na Maternidade Divino Amor são realizadas 1.800 consultas por mês e a unidade conta em cada plantão com três obstetras, 2 pediatras e 2 anestesistas. Ao todo são cerca de 500 funcionários, entre servidores e contratados.

Os pacientes que necessitam de cirurgias são encaminhados pelo posto de saúde para consulta com o cirurgião na Maternidade, que solicita os exames necessários e marca o procedimento. “Essa é uma demanda que não para de crescer, mas nossa meta é atender a todos o mais rápido possível“, justificou a diretora.

 

Números de cirurgias realizadas na Maternidade em 2017

Fevereiro 36

Março 58

Abril 68

Maio 66

Total: 257

Lista de espera: 269

Lista de espera de vesícula: 74

Mutirão de vesícula dia 10/06

Mutirão de mama: dia 03/06