Blog editado a partir de Natal/RN - Brasil.

Publicidade
Instagram
Twitter
Publicidade
Buscar
Calendário
setembro 2017
S T Q Q S S D
« ago   out »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Publicidade
Publicidade
Publicidade Vídeo

Uma homenagem da Prefeitura de Natal para os Professores

Archive for setembro 21st, 2017

Em Natal, Semsur convoca ambulantes

Os comerciantes informais que têm bancas na calçada da Rua Presidente Bandeira, entre as Ruas Manoel Miranda e Leonel Leite estão sendo convocados pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal (SEMSUR) para uma reunião no dia 25 de setembro (segunda), às 9h, no auditório da rodoviária velha, na Ribeira.

Na oportunidade, eles serão informados pela SEMSUR acerca do projeto de reurbanização do Alecrim, que será implementado pela Prefeitura do Natal e que vai devolver as calçadas aos pedestres. Haverá também o cadastramento dos comerciantes, bem como dos produtos que eles comercializam para futura relocalização.

Além do RG, CPF e comprovante de residência próprios, os comerciantes informais que atuam na área especificada deverão levar comprovantes de filhos menores.

ASSPMBMRN critica falta de planejamento para concurso da PMRN

A Associação defende a modificação da Lei do Ingresso antes da abertura do edital

 

“Antes do concurso proposto, o Governo precisa modificar a Lei de Ingresso”, assim se posiciona o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN, subtenente Eliabe Marques. A ASSPMBMRN não concorda com o modelo anunciado pelo governador para o concurso da Polícia Militar do RN, que prevê 1000 vagas com nível médio e deve ter edital lançado até o final de outubro.

Há mais de um ano estamos trabalhando modificações na Lei de Ingresso que permitem uma seleção de candidatos mais qualificados. O projeto de lei está tramitando no Governo e se ele quiser aprova em menos de 24h, basta enviar para a Assembleia Legislativa”, expõe o presidente. São alterações propostas: o ingresso à corporação com nível superior, exigência de CNH no mínimo na categoria ‘B’, investigação social, e exames psiquiátrico e psicológico. “Todas essas exigências só serão possíveis com a modificação dos artigos 10 e 11 do Estatuto da PM”, acrescenta Eliabe Marques.

O posicionamento não é contra o concurso em si, mas a falta de planejamento para ele. Um dos pontos ainda é a quantidade de vagas. Para Eliabe Marques, o ideal seriam turmas de no máximo 600 policiais. Pois, “uma convocação de grande número consequentemente comprometerá a carreira policial, em questão da sua formação e ascensão funcional”. E, sobre a necessidade de uma intervenção urgente, o subtenente argumenta que mais rápido seria convocar os 824 candidatos já aprovados.

Setembro Amarelo prepara alunos para competências socioemocionais

O Núcleo de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Parnamirim – SEMEC deu início ao projeto Educação Socioemocional para o Autoconhecimento e a Cultura da Paz, na última quarta-feira (20).

Aliado à campanha Setembro Amarelo, o projeto pretende ser uma alternativa para possibilitar as crianças e adolescentes, formas mais eficazes de lidar com as dificuldades do viver, relativas às interações sociais e às emoções, prevenindo depressões profundas e suas consequências, até mesmo fatais.

De acordo com a psicopedagoga Lucélia Bezerra, da Sala de Recursos Multifuncionais da Escola Desembargador Silvino Bezerra Neto, há relatos no bairro de Santa Tereza, de alunos que precisam dessa assistência, inclusive, porque já viveram a triste experiência da automutilação sugerida em jogos virtuais, um problema comportamental entre jovens de todo o Brasil que precisa ser enfrentado.

“Acompanhamos estes alunos desde 2015. Os desafios são enormes. Após esta intencionalização do projeto, pretendemos aplicar um cronograma de ações e expandí-lo para outras escolas, onde estamos diagnosticando situações de alunos que precisam de apoio emocional“, disse a psicopedagoga Lúcelia.

Dentre as próximas ações do projeto, estão a criação de grupos focais para observar as necessidades emocionais dos alunos no período de um ano. Além disso, o acompanhamento psicológico quinzenal aos professores que vão conduzir estes grupos focais.

“Muitos alunos, na adolescência, vivem um momento em que não preveem claramente, as consequências de seus atos, deixando que a emoção possa levá-los a agirem com falta de responsabilidade sobre seu próprio corpo e vida”, disse Ana Lúcia Maciel, Secretária Adjunta da SEMEC.

“Precisamos cuidar destes jovens e é isso que, com a Educação, pretendemos prevenir, encontrando os caminhos com apoio da Assistência Social e da Saúde, para a solução desses problemas”, disse a adjunta Ana Lúcia, parabenizando o esforço e a capacitação do Núcleo de Educação Especial pela iniciativa de desenvolvimento do projeto.

Doação da Receita Federal à SEMUL

A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEMUL), Andréa Ramalho, a presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), Ildete Mendes, e a secretária-adjunta da SEMUL, Jandira Borges, se reuniram com o delegado da Delegacia da Receita Federal do RN, Francisco Aurélio de Albuquerque Filho, nesta quarta-feira (20).

Elas foram conversar com ele a possibilidade de doação de bens apreendidos pela Receita Federal para os equipamentos da SEMUL: Centro de Referência Elizabeth Nasser e Casa Abrigo Clara Camarão, que atendem mulheres em situação de violência.

O delegado se comprometeu a avaliar, entre os bens apreendidos disponíveis para doação, os que possam atender ao pedido da SEMUL.