A primeira oportunidade é mais do que um primeiro emprego

Por Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos do McDonald’s e autor do livro “Você está contratado”, da editora Évora.

 

Marcelo NóbregaPara quem quer começar uma carreira ou simplesmente entrar no mercado de trabalho, é preciso, antes de tudo, identificar por onde começar. Afinal, nem todas as empresas oferecem vagas para quem não tem qualquer tipo de experiência. Isso vai depender do tipo de negócio, e, principalmente, do interesse da empresa em investir em capacitação.

Em pesquisa realizada pelo grupo Santo Caos com jovens que buscam o primeiro emprego, constatou-se que 29% dos entrevistados almejam a independência financeira e 22% querem ganhar alguma experiência de trabalho. Mas, apenas 7% realmente refletem sobre planos futuros, crescimento profissional e objetivos de aprendizado e carreira. Aí reside um ponto importante. Muito mais do que pensar apenas na entrada para o mercado de trabalho, é preciso escolher por onde se começa. É possível, reunir um bom lugar e um bom primeiro passo. Há empresas que estão justamente dispostas a investir no primeiro emprego e formar novos profissionais para o mercado de trabalho.

Trata-se de uma decisão importante. Mesmo sabendo que a opção de muitos pode ser de curto prazo, empresas de primeira linha investem milhões de reais em capacitação. Para se ter uma ideia, uma empresa como o McDonald’s chega a incorporar três mil jovens com carteiras de trabalho novinhas todos os meses. Estamos falando aqui de investimento no futuro de muita gente.

Vale todo o esforço? Sem dúvida. Afinal, 40% dos ocupantes de cargos de alta gestão da empresa tiveram aqui o seu primeiro (e único!) emprego. Leva-se tempo para formar mas o treinamento é contínuo. É motivo de orgulho conviver com vice-presidentes e diretores que começaram na empresa com menos de 18 anos, sem experiência alguma, e que hoje lideram centenas de pessoas e fazem nossa companhia crescer e nossa marca brilhar. Ou, de ouvir histórias de empresários e grandes executivos de outras empresas, que deram início a suas trajetórias de sucesso em nossos restaurantes. São pessoas muito gratas porque a companhia lhes deu a primeira oportunidade de emprego e treinamentos que são úteis até hoje para uma grande carreira.

E, acima de tudo, essa atitude da empresa contribui para o fortalecimento do mercado de trabalho. Ao apostar em jovens que estão dando os primeiros passos profissionais, as empresas que investem no primeiro emprego estão contribuindo para um mercado produtivo, qualificado e maduro.

Todos ganham. As empresas, o setor, o governo, a sociedade. E, principalmente, quem está começando.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *