Blog editado a partir de Natal/RN - Brasil.

Publicidade
Instagram
Twitter
Publicidade
Buscar
Calendário
agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Publicidade
Publicidade

Posts da ‘ECONOMIA’

Projeto Vale Luz Cosern ganha mais cinco pontos de coleta em Natal e chega à Candelária e Ponta Negra

Desde 2013, já foram recolhidas 190 toneladas de resíduos sólidos recicláveis em 10 bairros de Natal e 1.210 clientes já receberam mais de R$ 51 mil em descontos na conta de luz

 

Agosto começou com uma boa notícia para os clientes da Cosern preocupados com o meio ambiente e que não dispensam um desconto na conta de energia elétrica. Desde o último dia 07, os pontos de coleta do Vale Luz foram ampliados de 10 para 15 e agora o projeto da Cosern que troca resíduos sólidos recicláveis por descontos na conta de luz também chega à Praça Ecológica, em Ponta Negra, e à Igreja Católica, em Candelária (confira calendário do mês de agosto abaixo).

No novo formato do projeto, o recebimento dos resíduos está sendo feito em tendas instaladas, simultaneamente, todos os dias, em 03 pontos da capital potiguar. Os interessados em participar do programa e os clientes já cadastrados podem consultar o deslocamento diário das tendas do Vale Luz num aplicativo gratuito para smartphones (disponível para os sistemas Androide, IOS e Windows Phone). Basta procurar “Vale Luz Cosern” nas lojas de compras dos aplicativos e baixar gratuitamente o app.

 

Descontos na conta de luz já ultrapassam R$ 50 mil reais em 04 anos

O Vale Luz Cosern é uma iniciativa que atende uma demanda cada vez mais crescente dos consumidores ambientalmente responsáveis. Ele integra o Programa de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia, regulado pela Aneel, e desde o final de 2013 já recolheu mais de 190 toneladas de resíduos sólidos recicláveis em 10 bairros de Natal e concedeu descontos de R$ 51 mil na conta de luz de 1.210 consumidores cadastrados.

Nas novas tendas do Vale Luz Cosern são aceitos itens como:

-Metal (latas de alumínio de cerveja e refrigerante, ferro e sucata de automóveis);

-Papel branco (folhas de ofício, folhas de caderno, notas fiscais, provas, apostilas e rascunhos);

-Jornais, revistas e caixas de papelão em geral;

-Plásticos (embalagem de detergente, água sanitária, garrafas PET, baldes, botijão de água mineral e engradado);

Cada tipo de resíduo possui um valor específico por quilo, que gera o desconto equivalente na conta de energia. Além de disponibilizar desconto na fatura de energia dos participantes, o projeto estimula a coleta seletiva de resíduos sólidos, encaminhados para Natal Reciclagem, empresa parceira do projeto.

A ação possibilita a redução de impactos ambientais causados pelo não desperdício do material que seria jogado no lixo e que poderia levar centenas de anos para se decompor.

 

Como funciona o Projeto Vale Luz Cosern – Para participar do projeto, o consumidor deve-se dirigir as tendas que serão montadas nos endereços abaixo, levando os resíduos separados e limpos e apresentando uma conta de energia.

O agente do projeto Vale Luz realiza o cadastro do cliente, analisa, pesa o material e emite o valor do desconto. O crédito referente ao peso do resíduo é enviado ao setor de faturamento da Cosern para lançamento do desconto na próxima fatura de energia do beneficiado.

Vale ressaltar que não existe limite para o desconto e o consumidor pode obter 100% de abatimento na fatura de energia. Caso o valor do crédito da pesagem ultrapasse o valor total da conta, o crédito restante será abatido no mês seguinte.

 

SERVIÇO:

PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO DAS TENDAS DO PROJETO VALE LUZ COSERN

IGREJA CATÓLICA DE SANTA CLARA

Bairro: Pitimbú

Dias: 07, 14, 21, 28 de Agosto.

Endereço: R. Eng. Joaquim Cardoso, s/n.

Referência: Igreja Católica de Santa Clara

 

FUNDAÇÃO BRADESCO

Bairro: Felipe Camarão

Dias: 07, 14, 21, 28 de Agosto.

Endereço: R. Prof. Antônio Trigueiro, 500

Referência: Fundação Bradesco

 

CONSELHO COMUNITÁRIO

Bairro: Alecrim

Dias: 07, 14, 21, 28 de Agosto.

Endereço: Av. 4, 831

Referência: Conselho Comunitário do Bairro Do Alecrim

 

IGREJA CATÓLICA DO BEATO AMBRÓSIO FRANCISCO FERRO

Bairro: Planalto

Dias: 01, 08, 15, 22, 29 de Agosto.

Endereço: R. Mira Mangue, 91

Referência: Igreja Católica do Beato Ambrósio Francisco Ferro

 

PRAÇA ECOLÓGICA

Bairro: Ponta Negra

Dias: 01, 08, 15, 22, 29 de Agosto.

Endereço: Av. Praia de Ponta Negra, 9014.

Referência: Praça Ecológica de Ponta Negra

 

IGREJA CATÓLICA DE SANTOS REIS

Bairro: Santos Reis

Dias: 01, 08, 15, 22, 29 de Agosto.

Endereço: Praça Eng. Wilsom Miranda, 40

Referência: Igreja Católica de Santos Reis

 

IGREJA CATÓLICA DE NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA

Bairro: Candelária

Dias 02, 09, 16, 23,30 de Agosto.

Endereço: R. Mal. Rondon, S/N

Referência: Igreja Católica de Nossa Senhora da Candelária

 

CENTRO CULTURAL E BIBLIOTECA

Bairro: Potengi (Conjunto Santarém)

Dias 02,09,16,23,30 de Agosto.

Endereço: Av. Itapetinga, 1430

Referência: Centro Cultural e Biblioteca

 

CONJUNTO SANTA CATARINA

Bairro: Potengi (Conjunto Santa Catarina)

Dias 02,09,16,23,30 de Agosto

Endereço: Av. Florianópolis

Referência: Canteiro Central da Avenida Florianópolis

 

CONSELHO COMUNITÁRIO DE IGAPÓ

Bairro: Igapó

Dias: 03, 10, 17, 24,31 de Agosto

Endereço: Pca. São Vicente De Paula, S/N.

Referência: Conselho Comunitário

 

ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO NOVA NATAL

Bairro: Lagoa Azul

Dias: 03,10,17,24,31 de Agosto

Endereço: R. dos Violeiros, 920

Referência: Associação de Amigos do Nova Natal.

 

CENTRO EDUCACIONAL DOM BOSCO

Bairro: Lagoa Azul

Dias: 03,10,17,24,31 de Agosto

Endereço: Av. Guaratinguetá, 715

Referência: Centro Educacional Dom Bosco

 

SUPERMERCADO RIOGRANDENSE

Bairro: Quintas

Dias: 04,11,18,25 de Agosto

Endereço: R. Pedro Nóvoa, 249

Referência: Supermercado Riograndense.

 

CANTEIRO CENTRAL DO BAR DO AGEU

Bairro: Bairro Nordeste

Dias: 04,11,18,25 de Agosto

Endereço: R. do Norte -179

Referência: Bar do Ageu

 

POSTO DE SAÚDE DA BOA SORTE

Bairro: Nossa Senhora da apresentação

 

Dias: 04,11,18,25 de Agosto

Endereço: Av. Boa Sorte, 470

Referência: Posto de Saúde da Boa Sorte

Parceria do Secovi/RN com o “Moradia Cidadã” ampliará a oferta de imóveis para o servidor estadual

O presidente do Sindicato das Empresas Imobiliárias do Rio Grande do Norte (SECOVI/RN), empresário Renato Gomes, disse hoje que a iniciativa do governo do Estado de firmar parceria do Programa Moradia Cidadã com as empresas imobiliárias irá aquecer o mercado e permitir que um maior leque de opção de imóveis seja disponibilizado para que o servidor público estadual.

“Com a assinatura desse convênio com o Secovi/RN e o Creci/RN, o governo poderá ampliar significativamente a oferta de imóveis, para atender não só a população da capital, como também a do interior do Estado”, disse.

Segundo Renato Gomes, há em todo o Rio Grande do Norte um estoque de imóveis que está nas mãos das empresas imobiliárias, pronto para ser negociado. Na sua opinião, com a adesão do Secovi/RN ao “Moradia Cidadã”, vão ser colocados à disposição dos servidores e do público em geral, em um segundo momento, uma maior quantidade de imóveis, para que o funcionalismo estadual  possa aderir ao programa e realizar o sonho da sua casa própria.

Cosern reforça dicas de economia de energia elétrica com a volta da bandeira vermelha em agosto

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na sexta-feira (28) que a bandeira tarifária para o mês de agosto será vermelha (patamar 1), com acréscimo de R$ 3,00 a cada 100 (kWh). O fator determinante para o acionamento da bandeira vermelha foi o aumento do custo de geração de energia elétrica. Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação, a Usina Termelétrica Bahia 1, é de R$ 513,51. Como o sinal para o consumo é vermelho, os consumidores devem intensificar o uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios.

Criado pela Aneel, o funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, divulga constantemente uma série de dicas para lhe ajudar a mudar alguns hábitos e atitudes do dia a dia, evitar o desperdício de energia elétrica e, claro, reduzir o valor da conta. Confira:

 

1 – Adquira aparelhos elétricos eficientes (e use com eficiência)

Eletrodomésticos mais antigos costumam ser menos eficientes. Se puder, substitua-os por aparelhos mais novos e com selo PROCEL de eficiência energética. Isso irá ajudar muito na economia de energia e na redução das contas. Pesquise os modelos e funções para saber quais são mais eficientes. Na hora de usar, estude o manual para maximizar o uso e minimizar o gasto de energia.

 

2 – Desligue o computador se não for utilizá-lo dentro de uma hora

Algumas pessoas acham que deixar o computador ligado 24 horas consome menos energia do que ligá-lo e desligá-lo a cada uso, mas não funciona assim. Se as pausas entre os usos forem longas, de mais de uma hora, por exemplo, o ideal é desligar tudo. Se puder, opte por laptops, que costumam ser mais econômicos.

 

3 – Fique de olho no carregador de celular

Não deixe o carregador de celular na tomada sozinho ou depois que o aparelho estiver completamente carregado. Mesmo por poucos instantes, ele consome energia elétrica.

 

4 – Aproveite a luz natural

Além de ser confortável para os olhos, aproveitar a luz natural do dia ajuda a reduzir o desperdício de energia. Evite acender luzes em ambientes já naturalmente iluminados, dê preferência por lugares com janelas amplas e paredes claras.

 

5 – Evite usar a função stand-by dos aparelhos

Nunca deixe os aparelhos ligados na tomada em “stand-by”, o famoso “modo espera” que permite ligar o equipamento diretamente. Não há necessidade de continuar consumindo energia se você não os está utilizando. Prefira tirar o eletrodoméstico da tomada quando não estiver em uso, mesmo que você não ache prático. Neste caso, a comodidade não compensa o desperdício.

 

6 – Escolha lâmpadas LED

Mesmo que as lâmpadas LED sejam mais caras, a economia de longo prazo compensa os custos iniciais porque elas duram mais. Dê preferência a lâmpadas LED para a cozinha, área de serviço e outros locais que fiquem com as luzes acesas mais de quatro horas por dia.

 

7 – Utilize a função “timer” das TVs

O televisor é responsável por cerca de 5% a 15% do consumo total de uma residência, por isso, evite dormir com televisores ligados. É um consumo de energia desnecessário. Se você já sabe que costuma pegar no sono assistindo à televisão, utilize a função “timer” ou “sleep”, presente na maioria dos modelos e programe o aparelho para que ele desligue sozinho.

 

8 – Estabilize a temperatura do ar condicionado

Para economizar energia, não é preciso sofrer e desligar o ar condicionado nesse calorão. Deixar o aparelho em uma temperatura estável refresca e ajuda a reduzir o valor das contas. Uma dica é regular o termostato para uma temperatura confortável, entre 23 e 25 graus.

.

Cosern leva projeto Energia com Cidadania ao Bairro de Felipe Camarão, em Natal, a partir de 2ª feira (31)

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, leva a partir da próxima 2ª feira (31) ao bairro de Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal, mais uma edição do projeto Energia com Cidadania.

A iniciativa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Distribuidora, regulado pela Aneel, promove a substituição de lâmpadas ineficientes por lâmpadas LED, kits com jogos educativos e cartilhas informativas com orientações sobre o uso seguro e eficiente de energia elétrica aos consumidores que comparecerem ao caminhão e atenderem aos critérios (leia quais são abaixo) do projeto.

Em Felipe Camarão, o caminhão está estacionado na Rua Professor Antônio Coutinho, ao Lado da Fundação Bradesco, e atenderá a comunidade de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h30, até o dia 18 de agosto.

No local, também vai ser possível fazer a troca de lâmpadas ineficientes (incandescente e halógenas) juntamente com latinhas de alumínio por lâmpadas LED (até cinco LEDs por conta-contrato). As latinhas serão destinadas ao processo de reciclagem promovido pelo projeto Vale Luz.

 

Energia com Cidadania – Somente em 2016, o caminhão da Cosern passou por 16 municípios do RN, distribuindo mais de 30.000 (trinta mil) lâmpadas, além de levar ações de eficiência energética e segurança, orientações sobre o cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica e distribuição de kits educativos. O Projeto segue as diretrizes da política de sustentabilidade do Grupo Neoenergia, que adota o modelo de gestão socialmente responsável.

 

Critérios para troca de Lâmpadas ineficientes e latinhas por LED:

-Ser cliente residencial;

-Entregar uma lâmpada incandescente ou halógena (de no mínimo 40W) mais uma latinha de alumínio para cada lâmpada LED;

-Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, poderá trocar até 5 (cinco) lâmpadas ineficientes por um modelo LED com selo PROCEL;

 

Documentos Necessários:

-Conta de energia do último mês;

-Documentos pessoais (RG e CPF).

 

SERVIÇO:

Projeto “Energia com Cidadania” no Bairro de Felipe Camarão, em Natal.

De segunda (31) até o dia 18 de agosto.

De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h30

Local: Rua Professor Antônio Coutinho, ao Lado da Fundação Bradesco

Justiça anula liminar que suspende aumento do PIS/Cofins sobre combustíveis

O Tribunal Regional Federal (TRF-1), sediado em Brasília, decidiu há pouco anular a decisão que suspendeu o aumento das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo na quinta-feira (20).

A decisão foi proferida pelo desembargador Hilton Queiroz, presidente do tribunal, que atendeu a um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra a suspensão do reajuste.

No recurso, a AGU informou à Justiça que a liminar impede que o governo federal arrecade diariamente R$ 78 milhões.

Mais cedo, antes da decisão que derrubou a cobrança, o juiz Renato Borelli, que concedeu a liminar, cobrou da Agência Nacional do Petroleo (ANP) o cumprimento de sua decisão e fixou diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

(Agência Brasil)

BRASÍLIA – Justiça Federal suspende aumento de impostos sobre combustíveis

Foto: Marcelo Brandt/G1

A Justiça Federal no Distrito Federal suspendeu o reajuste das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo na última quinta-feira (20).

O juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, entendeu que o reajuste é inconstitucional, por ter sido feito por decreto, e não por projeto de lei. Para Borelli, o contribuinte “não pode ser surpreendido pela cobrança não instituída e/ou majorada por lei”, sob pena de ser lesado em seus direitos fundamentais.

“É óbvio que o Estado precisa de receitas para desenvolver as atividades relacionadas o bem comum da coletividade. Porém, para desempenhar tal atividade, o Estado deve respeitar e ficar atento aos preceitos relacionados aos direitos fundamentais inseridos no texto constitucional“, escreveu o juiz.

Na decisão datada desta terça-feira (25) e motivada por uma ação popular, Borelli diz que, conforme a Constituição, ainda que aprovado em lei, o aumento nos encargos só poderia passar a vigorar após 90 dias, e não de imediato, como determinado pelo decreto publicado pelo governo federal.

No decreto, o governo retirou reduções que haviam sido implementadas sobre as alíquotas de PIS/Confins anteriores, resultando, na prática, em um aumento de impostos, o que, segundo o juiz federal, seria ilegal.

A previsão do governo é arrecadar mais R$ 10,4 bilhões com o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis, de modo a conseguir cumprir a meta fiscal de déficit primário de R$ 139 bilhões para este ano.

A Advocacia-Geral da União informou que, tão logo seja notificada, vai recorrer da decisão.

(Agência Brasil)

Boletos vencidos poderão ser quitados em qualquer banco

A partir de hoje, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite a quitação de boletos em atraso em qualquer agência bancária.

AINDA COM RESTRIÇÕES – Por enquanto, a novidade só estará disponível para os boletos de valor igual ou superior a R$ 50 mil. O valor mínimo será reduzido para R$ 2 mil em 11 de setembro, R$ 500 em 9 de outubro e R$ 200 em 13 de novembro. A partir de 11 de dezembro, boletos vencidos de todos os valores passarão a ser aceitos em qualquer banco.

A nova plataforma de cobrança permitirá a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos. Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada. Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação.

Conforme as datas de adoção da nova plataforma e as faixas de valores, os bancos deixarão de aceitar boletos sem o CPF ou o CNPJ do pagador. Os clientes sem esses dados serão contatados pelos bancos para refazerem os boletos.

De acordo com a Febraban, o atual sistema de cobrança funciona há mais de 20 anos e precisava ser atualizado. A previsão inicial era que o novo sistema entrasse em vigor em março para valores acima de R$ 50 mil, mas teve que ser adiada para este mês. Segundo a Febraban, o adiamento foi necessário para garantir a alimentação da plataforma de cobrança por todas as instituições financeiras.

De acordo com a Febraban, a mudança não atinge pagamento de tributos. “Não haverá mudanças em faturas de concessionárias de serviços públicos e em cobranças de tributos pois, em geral, esses pagamentos são feitos por outros tipos de documento, e não por boletos de pagamento“.

(Com informações da Agência Brasil)

Moura Dubeux participa da Feira da Casa Própria da Caixa Econômica Federal

Aurea Guedes_decorado

Aurea Guedes_decorado

A Moura Dubeux vai focar nas pessoas que buscam empreendimento em fase de conclusão na Feira da Casa Própria, organizada pela Caixa Econômica Federal em Natal. A construtora vai levar para o evento o Aurea Guedes, primeiro da empresa em Ponta Negra e que tem entrega prevista para este semestre. A iniciativa teve início sexta-feira e segue até hoje (9) no Shopping Via Direta, das 9h às 21h.

Localizado em frente ao estádio do ABC, o empreendimento possui duas torres com plantas de 52,78m² e 67,48m² e opções dois ou três quartos. Além disso, conta com espaço de lazer completo e equipado e uma área verde de dois mil m². Os visitantes poderão contar na Feira com consultores especializados, que estarão à disposição para apresentar detalhes do residencial e as vantagens das condições especiais de pagamento.

 

Moura Dubeux – Criada em 1983 em Pernambuco, a Moura Dubeux atua no setor imobiliário, com foco em projetos para primeira e segunda residência e empresariais. A partir de 2008, iniciou expansão no Nordeste e, hoje, possui operações no Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Alagoas. Atualmente, a incorporadora emprega aproximadamente 4 mil colaboradores, contabiliza a entrega de mais de 190 empreendimentos e ultrapassou o índice dos 3 milhões de m² construídos. O relacionamento com o cliente, pré e pós-venda, é um dos pilares que norteiam a Moura Dubeux, especialmente nos meios onlines. Por isso, a empresa apostou no dinamismo do site (www.mouradubeux.com.br) e da produção de conteúdos no blog (http://mouradubeux.com.br/blog ).

Fase final de pagamento das contas inativas do FGTS começa neste sábado (8)

Foto Divulgação CEF

Cerca de 2 mil agências da Caixa em todo o país abrirão neste sábado (8), das 9h às 15h, para atendimento exclusivo de trabalhadores com contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Na segunda-feira (10), as agências abrirão com duas horas de antecedência. Nas regiões em que o banco abre às 9h, o atendimento começa às 8h e fecha uma hora mais tarde”. Os funcionários vão solucionar dúvidas, acertar cadastros, emitir senha do Cartão Cidadão e fazer pagamentos.

Com o início do pagamento das contas inativas de quem nasceu em dezembro, neste sábado, o programa entra em sua fase final, que termina no dia 31 deste mês. Mais de 2,5 milhões de trabalhadores têm direito ao saque. O valor total disponível ultrapassa R$ 3,5 bilhões e equivale a aproximadamente 8% do total disponível.

A vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina Pereira, ressaltou o sucesso das ações do banco. “Chegamos à fase final dos pagamentos das contas inativas do FGTS. Já conseguimos pagar o benefício a grande parte dos clientes, garantindo o cumprimento praticamente integral do calendário estipulado”, disse.

Até o dia 28 de junho, a Caixa pagou mais de R$ 38,2 bilhões relativos às contas inativas, e o número de trabalhadores nascidos até novembro e que já sacaram alcançou 22,6 milhões de pessoas. O valor equivale a 95,38 % do total inicialmente previsto (R$ 40 bilhões) e a aproximadamente 81% dos trabalhadores (27,7 milhões) nascidos entre janeiro e novembro.

 

Orientações

A Caixa lembra que os valores até R$ 1.500 podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cartão Cidadão. Até R$ 3 mil, o saque pode ser feito com o Cartão Cidadão nos postos de autoatendimento, lotéricas e correspondentes do banco. Quanto aos valores acima disso, os saques só podem ser feitos nas agências.

Para facilidade no atendimento, os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e a Carteira de Trabalho, ou outro que comprove a rescisão do contrato. Para valores acima R$ 10 mil é obrigatória a apresentação desses documentos.

O banco informa também que criou um serviço exclusivo em seu site para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao pagamento de conta inativa.

Na página, a pessoa pode saber se tem contas inativas, conforme contempladas pela Medida Provisória (MP) 763/16, que determina o pagamento, o valor a receber, a data do saque e os canais disponíveis para o pagamento.

Outra opção é o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo 0800 726 2017. Para fazer a consulta do saldo no 0800 ou no site, o trabalhador deve informar seu número de CPF ou PIS/Pasep. Nesses canais, o trabalhador pode, inclusive, indicar que deseja receber o crédito em uma de suas contas na Caixa.

De acordo com a MP, tem direito ao saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015. Ele pode sacar o saldo da conta vinculada, estando ou não fora do regime do FGTS, respeitado o calendário publicado pela Caixa.

(Agência Brasil)

Saque no FGTS ajuda a limpar nome nos órgãos de proteção ao crédito

Porém, além de ter em mãos o recurso financeiro para liquidar a dívida, é importante conhecer a regras do Direito do Consumidor, alerta especialista

 

O saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que teve a quarta fase iniciada neste sábado (10), tem sido uma solução para “limpar” o nome dos orgãos de proteção ao crédito. E ter o nome negativado na praça é mesmo motivo de dor de cabeça para boa parte da população.

Aproximadamente 60,1 milhões de brasileiros estão com restrições ao CPF, enfrentando problemas para contratar empréstimos, financiamentos ou realizar compras parceladas, o que representa quase 40% da população brasileira adulta. Estes dados foram apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Porém, além de ter em mãos o recurso financeiro para liquidar a dívida, é importante conhecer a regras do Direito do Consumidor para estes casos. De acordo com o professor da faculdade Estácio, doutor em Direito do Consumidor, Marcus Vinicius Andrade, ao não pagar uma dívida, o consumidor pode ser incluído em órgãos como SPC, Serasa, SCPC.

No entanto, há uma obrigação por parte do fornecedor de notificar o cliente cinco dias antes da inclusão da dívida. “Este prazo é dado para que a pessoa tenha ciência e possa tomar as providências caso não tenha conhecimento da dívida, ou possa comprovar que a quitou, caso a empresa não tenha atestado o pagamento”, explica o professor. Ele acrescenta ainda que a notificação deve ser comunicada, preferencialmente, em um documento físico – de papel.

Além disto, o prazo máximo para o registro nos órgãos de proteção ao crédito é de cinco anos, acrescenta Andrade. “Após este período, a retirada do nome é automática e não pode constar nem o registro de que a pessoa esteve endividada. Isso não quer dizer que a dívida foi perdoada. A dívida continua. A anotação nos órgãos de proteção é que não existirá mais”, esclarece.

No caso de o consumidor efetuar o pagamento, o fornecedor tem o dever de retirar o seu nome de imediato – não é necessário a pessoa ir até o órgão solicitar a remoção. “Se o consumidor estiver em dia e há um cadastro como devedor, é possível até entrar com uma ação de dano moral. Principalmente, se a pessoa foi impedida de realizar uma compra por causa desse registro”, alerta. Geralmente, é dado um prazo de cinco dias para que o nome seja retirado do cadastro.

Micro e pequenas empresas são alternativa para o desemprego

No cenário de crise, profissionais destemidos e criativos saem na frente e criam suas próprias oportunidades

 

Na busca por uma independência profissional e financeira, muitas pessoas recorrem ao empreendedorismo. Principalmente em tempos de crise e desemprego. Essa iniciativa tem garantido a renda de milhares de pessoas e vem abrindo portas para negócios inovadores. De acordo com o Indicador da Serasa Experian, só no mês de janeiro de 2017 foram criadas 194.199 novas empresas no Brasil, um aumento 16% com relação ao ano anterior.

Para dar vida ao sonho de ser um empresário de sucesso, alguns passos simples podem ser pilares importantes. A contadora Karina Dias, da Rui Cadete Consultores, destrincha o processo em três etapas: “Com a consultoria de um contador, deve-se elaborar o contrato social, com atenção a todas as cláusulas, registrar na Junta e na Receita Federal para obtenção do CNPJ e uma vez constituída a empresa, estabelecer qual o regime tributário que melhor se encaixa no negócio, tomando decisões acertadas”, explica Karina Dias.

Além dos incentivos oferecidos pelo Governo, o pequeno empresário conta ainda com o auxílio dos bancos, que permitem fácil acesso ao crédito para aplicar no pequeno negócio.  A terceirização de mão de obra, aprovada pela Câmara dos Deputados em março deste ano, também facilita que o pequeno empresário seja contratado por grandes e médias empresas e dá margem para novos empreendimentos.

A Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, criada em 2006, permite que o empresário opte por um regime diferenciado de pagamento de imposto de acordo com o faturamento da empresa, com alíquotas bem mais reduzidas, de acordo com a atividade. Além disso, facilita a abertura e fechamento de uma empresa necessitando de menos papelada e burocracia do que o habitual. De acordo com a contadora Karina Dias, abrir uma pequena empresa se tornou menos burocrático. “O acesso facilitado pela internet diminui o tempo de espera de abertura de uma firma e reduz os custos com documentação e deslocamento. Assim, o empresário pode investir mais e gerar empregos”, esclarece a contadora.

Feirão de Imóveis da Moura Dubeux começa nesta sexta-feira no Natal Shopping

Campanha “Ofertaço MD” vai oferecer descontos em unidades prontas para morar

 

A Moura Dubeux reúne diversas vantagens para interessados em adquirir imóveis já concluídos ou em fase de finalização. A partir desta sexta-feira (12), a construtora dará início a um Feirão de Imóveis na Praça de Eventos do Natal Shopping. Durante a campanha “Ofertaço MD”, os interessados em empreendimentos residenciais ou em imóveis para investimento vão poder adquirir as últimas unidades disponíveis com descontos e facilidades de pagamento. De acordo com Fernando Amorim, diretor regional da Moura Dubeux no Rio Grande do Norte, o Feirão é uma excelente oportunidade para negócios. “A Moura Dubeux está oferecendo verdadeiros sucessos de vendas devido à qualidade do produto oferecido, preços justos e facilidades de pagamento”, destaca Amorim.

O evento segue até o dia 28 de maio e tem como diferenciais as diversas opções de imóveis prontos para morar e nas melhores localizações da cidade. Entre os destaques da campanha estão o Abel Pereira, no Tirol, com vista permanente para o Parque das Dunas; Rodolfo Helinsk, em Capim Macio, com vagas de garagem extra para comercialização; Porto Atlântico, em Areia Preta, com opção de repasse de imóvel como parte do pagamento e, ainda, o Aurea Guedes, em Ponta Negra, com entrega para este ano, excelente para quem quer investir. Todos os empreendimentos possuem área de lazer entregue equipada e decorada para crianças e adultos e os visitantes do feirão podem tirar dúvidas sobre eles com a equipe de consultores e atendimento personalizado.

 

Comunicação – A campanha do Feirão de Imóveis contempla divulgação em TV, rádio, internet, ação de rua e em restaurantes, e a mídia do evento vai se estender no centro de compras, com panfletagem em cancelas e sinalizações. O plano prevê ainda flashes durante o feirão.

Comerciantes têm programação específica na Semana do MEI

Donos de mercadinhos e empreendedores do ramo alimentício terão a oportunidade de se capacitar durante a Semana do Microempreendedor Individual (MEI), realizado pelo Sebrae-RN, em parceria com o Assaí Atacadista. A partir desta segunda-feira (8) até à sexta-feira (12), os comerciantes interessados em cursos e orientações deverão comparecer em uma das lojas do Assaí na Grande Natal, localizadas na BR 101 e em São Gonçalo do Amarante, entre às 9h e 20h.

Em todas as ações, serão abordados temas importantes para o dia a dia dos estabelecimentos, como gestão de estoques em mercadinhos e restaurantes, boas práticas na manipulação de alimentos, layout e sinalização de loja, além de orientações sobre a abertura e gestão de micro e pequenas empresas. Um dos pontos altos da semana, a palestra “Inovando em Supermercados e Mercadinhos”, será realizada na terça-feira (9), às 16h, na loja do Assaí Atacadista da Zona Norte e na quarta-feira (10), às 11h, no Assaí Atacadista da BR 101.

A Semana do MEI é promovida pelo Sebrae no período de 8 a 13 de maio e ocorre simultaneamente em todo o Brasil. No Rio Grande do Norte, haverá programação em Natal e em diversas cidades do interior. A expectativa é atender cerca de 8 mil microempreendedores ao longo dos seis dias em todas as regiões do estado.

Cosern lança festival “Tô Ligado na Energia”entre alunos do Instituto Padre Miguelinho

Gincana educativa vai durar 30 dias e transmitir a estudantes conhecimentos sobre uso seguro e eficiente de energia elétrica

A Cosern lançou nesta quinta-feira (04), no auditório do Edifício-Sede, a 1ª edição do Festival “Tô Ligado na Energia”, projeto de educação do Grupo Neoenergia desenvolvido no Rio Grande do Norte com apoio da Secretaria da Educação e da Cultura (Seec) do RN, no âmbito do Programa de Eficiência Energética da Cosern, regulado pela  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O Diretor-Presidente da Cosern, Luiz Antonio Ciarlini, deu as boas vindas aos alunos, professores e coordenadores do Instituto Padre Miguelinho e falou sobre a alegria de ver tantos estudantes reunidos num evento desse tipo. “Espero que vocês aprendam muito sobre o uso seguro e eficiente de energia elétrica durante esses trinta dias”, disse Ciarlini.

Os estudantes conheceram as regras do Festival, assistiram palestra sobre eficiência energética e segurança com o uso da energia da Gerente de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia, Ana Mascarenhas, e do Gerente de Segurança da Cosern, Renato Gomes. Eles também conheceram detalhes do Projeto Vale Luz e receberam kits educativos da Cosern para replicar os conhecimentos adquiridos no festival com os outros estudantes da escola e com suas famílias. A Ong WWF-Brasil é parceiro e executor do projeto na Cosern.

Nessa primeira edição potiguar do festival, quatro escolas públicas de Natal receberão o projeto. Depois do Instituto Padre Miguelinho (Alecrim), será a vez do Colégio Winston Churchill (Cidade Alta) no segundo semestre. A Cosern ainda negocia a entrada de mais duas escolas  no festival, dessa vez da rede municipal de Natal.

Ao longo de quatro semanas, alunos dos Ensinos Fundamental II e Médio dessas escolas participarão de diversas oficinas e atividades, sempre de forma conectada ao uso eficiente e seguro da energia. Para garantir o interesse desses jovens, o festival “Tô Ligado na Energia” acontece em formato de gincana, com formação de três equipes. As atividades são dinâmicas e valem pontos para o encerramento do projeto, chamado de “Dia Show”, quando será conhecido o grupo vencedor.

Todas as etapas do projeto poderão ser acompanhadas em tempo real no site (www.festivaltoligadonaenergia.com.br).

Fotos: Maurício Cuca/Cosern/Divulgação

Cosern abre quiosque temporário do ‘Projeto Vale Luz’ no Via Direta, em Natal, na terça-feira (25)

Clientes residenciais de baixa renda vão pode trocar lâmpadas incandescente ou halógenas por lâmpadas LED

 

A Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, vai inaugurar na próxima terça-feira (25), às 10h, um quiosque temporário no Shopping Via Direta, em Natal, para promover as ações do Projeto Vale Luz, iniciativa que faz parte do programa de Eficiência Energética da Distribuidora, regulado pela Aneel, que já recolheu mais de 169 toneladas de resíduos sólidos recicláveis e concedeu cerca de 46 mil reais em descontos nas contas de luz para os 1.024 clientes cadastrados no projeto desde dezembro de 2013.

Os clientes residenciais de baixa renda ou moradores de comunidades populares (*) que forem até o quiosque no Via Direta a partir de terça-feira (25), munidos da última conta de energia, e levarem lâmpadas incandescentes ou halógenas de no mínimo 40 Watts, poderão realizar a troca dos modelos ineficientes por lâmpadas de LED (limitada a 05 lâmpadas por contrato).

O quiosque do Vale Luz da Cosern no Via Direta vai funcionar até o dia 23 de maio, de segunda a sábado, das 9h às 21h.

 

Critérios para troca de lâmpadas incandescentes ou halógenas por LED:

-Troca de Lâmpadas

Estar cadastrado na TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica) ou ser cliente residencial morador de comunidade popular (*);

Cada titular da conta de energia, limitado a uma unidade consumidora, poderá trocar até 5 (cinco) lâmpadas incandescentes ou halógenas, de no mínimo 40W, por um modelo LED com selo PROCEL;

Caso nos últimos seis anos o consumidor já tenha recebido um total de oito lâmpadas LED doadas pela Cosern, em uma mesma conta contrato, ele não poderá ser beneficiado novamente.

 

-Documentos Necessários:

Conta de energia do último mês ;

Documentos pessoais (RG e CPF).

 

(*) Entende-se por comunidade popular ou de baixa renda, os bairros com renda média mensal per capita até R$794,66, com base nos dados do Censo Demográfico do IBGE 2010.

 

-Como funciona o projeto Vale Luz:

O Vale Luz Cosern atende hoje dez bairros de Natal com um caminhão, que serve como ponto de coleta dos materiais.  Em fevereiro, a Cosern lançou um aplicativo para celular no qual é possível acompanhar informação da localização e status de funcionamento de todos os pontos de coleta (Aberto ou Fechado), informações dos materiais recebidos e preços praticados, e acompanhar os créditos gerados mensalmente através da entrega dos resíduos para desconto na conta de energia.

 

-No caminhão, são aceitos na coleta itens como:

Metal (latas de alumínio de cerveja e refrigerante, ferro e sucata de automóveis);

Papel branco (folhas de ofício, folhas de caderno, notas fiscais, provas, apostilas e rascunhos);

Jornais, revistas e caixas de papelão em geral;

Plásticos (embalagem de detergente, água sanitária, garrafas PET, baldes, botijão de água mineral e engradado).

Como fazer os comércios venderem mais em 2017

“Como fazer para vender mais?” Essa é a pergunta que os comerciantes se fazem todos os dias em busca de soluções para incrementara seus negócios, especialmente diante deste cenário pouco favorável ao consumo. Somente em 2016, o comércio do RN registrou um fechamento líquido de 1.115 lojas, 22 a mais que em 2015, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Atenta a isto, a Estácio Zona Norte oferece aos pequenos empresários da região um dia com orientações para ajudá-los a incrementar as vendas.

A palestra “Como fazer os comércios venderem mais em 2017” faz parte do evento Estácio Orienta, que acontece neste sábado (25), das 8h às 12h. A ação é direcionada aos pequenos e médios comerciantes da região, mas a inscrição é aberta a todo o público interessado. “Enquanto faculdade, queremos reverter o conhecimento gerado na sala de aula em serviço à população. Nesse minicurso, especificamente, a ideia é conscientizar e treinar os empresários para que tenham um leque de opções para o incremento de suas vendas”, destaca Carolline Candeias, coordenadora do curso de Administração da Estácio Zona Norte.

De acordo com a coordenadora, o setor de vendas hoje precisa focar no “detalhe” para poder alavancar seu negócio e não deixar ser influenciado pela crise econômica. “Os empresários precisam dar o seu toque, encontra um diferencial para conquistar a clientela”, explica Carolline. Como detalhes que fazem a diferença no negócio, ela cita o atendimento ao cliente, a decoração da loja ou um serviço de entrega eficiente.

Durante o Estácio Orienta, outros temas serão abordados em palestras, como por exemplo: “como fazer seu dinheiro render mais dentro de casa”,como melhorar sua segurança pessoal e residencial” e “as oportunidades para os novos pedagogos na nova legislação da educação do Brasil”. Além disso, um mutirão será realizado para atender gratuitamente à população na elaboração da declaração de Imposto de Renda 2017.

As inscrições para as palestras podem ser feitas pelo telefone 3674-8570 ou 99404-0655 (WhatsApp).

Especialista orienta sobre retirada do FGTS

logo_release_cliente_6335Estará disponível a partir desta sexta-feira (10) o saque das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para o trabalhador que pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31 de dezembro de 2015. O valor que está retido pode ser usado para qualquer finalidade e não há limite de valores para retirada.O contribuinte pode acessar o site da Caixa Econômica ou baixar o aplicativo para smartphone e verificar se possui saldo, consultar o valor, saber qual a melhor forma de resgate desse dinheiro, além de informar-se sobre qual a data em que a quantia estará disponível para saque, que varia de acordo com o calendário divulgado pelo Governo Federal no último mês.A contadora da Rui Cadete, Karina Dias, lembra que o indivíduo que possui esse saldo não precisa estar desempregado há três anos ou mais para fazer a retirada, como ocorre atualmente na legislação trabalhista. “Todos os trabalhadores, urbanos, rurais, domésticos e avulsos que estejam inseridos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), têm direito ao FGTS e podem fazer o saque de contas inativas”, atenta a contadora.É necessário lembrar que o contribuinte deve se organizar para evitar dores de cabeça no momento de recebimento da quantia em conta, por isso Karina aconselha acessar o site exclusivo da Caixa para verificar se possui saldo disponível e, caso haja divergências de dados cadastrais, dirigir-se a uma agência para pedir a atualização desses dados. As agências da Caixa Econômica estão abrindo duas horas antes e aos finais de semana para atender à demanda.

Hipermercados e Atacados terão horário especial no Carnaval

Neste período de carnaval, o hipermercado Extra e o atacadista Assaí, pertencentes ao GPA (Grupo Pão de Açúcar) terão horário de funcionamento diferenciado. Todas as lojas estarão fechadas na segunda-feira (27) e na terça-feira (28) apenas as lojas do Assaí fecharão mais cedo, às 18h.

Em Natal o hipermercado Extra tem três unidades: Midway, Ponta Negra e Maria Lacerda. Já o atacadista Assaí possui loja na BR-101, próximo ao pórtico de Natal, e em São Gonçalo do Amarante, ao lado da indústria Coteminas.

Seguem os horários:

 

Extra Midway, Ponta Negra e Maria Lacerda

25/02 – Sábado: 7h às 22h

26/02 – Domingo: 7h às 22h

27/02 – Segunda-feira: fechado

28/02 – Terça-feira: 7h às 22h

29/02 – Quarta-feira: 7h às 22h

 

Assaí BR 101 e Assaí São Gonçalo do Amarante

25/02 – Sábado: 7h às 22h

26/02 – Domingo: 7h às 22h

27/02 – Segunda-feira: fechado

28/02 – Terça-feira: 7h às 18h

29/02 – Quarta-feira: 7h às 22h

Natal tem segunda cesta básica mais barata do Nordeste

Cesta BásicaFecomércio informa:

O custo da cesta básica em Natal é o segundo menor da Região Nordeste. Para adquirir os 13 itens que compõem a cesta básica de alimentos, o consumidor da capital do Rio Grande do Norte dispôs de R$ 348,61 em janeiro deste ano – Recife registrou R$ 346,44. O valor representa decréscimo de -0,7% para o consumidor potiguar em relação a dezembro de 2016. Nos últimos 12 meses, a variação foi de +17,2%. Fortaleza é a capital nordestina que detém a cesta de maior custo: R$ 412,48.

As informações estão no Boletim Diário Econômico, publicação do Escritório técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão vinculado ao Banco do Nordeste, que analisa dados disponibilizados pelo Dieese.

A cesta básica do Nordeste encerrou o mês de janeiro custando R$ 372,35, sendo a de menor valor monetário entre as regiões do País. Mas foi também a única que registrou aumento, 1,4%, ao passo que houve um declínio na média nacional de -0,5%.

O aumento da cesta básica no Nordeste em 12 meses (+18,8%), deveu-se principalmente ao crescimento nos preços do feijão (+88,6%), açúcar (+55,3%), manteiga (+47,9%), farinha (+35,1%), leite (+33,6%) e banana (+22,3%). Estes seis itens representaram 40,4% do total do custo da cesta básica regional no período em análise.

Segundo os autores da publicação, esse comportamento da cesta básica penaliza especialmente a população que pertence aos extratos de menor renda, uma vez que o custo é mais relevante no orçamento das famílias mais pobres.

(Banco do Nordeste)

Empresa potiguar passa a atuar na segurança de 96 agências da Caixa em Salvador e amplia participação no mercado regional

Interfort SegurançaA empresa potiguar Interfort Segurança está ampliando a sua participação no mercado da Bahia, onde passou a atuar, desde o início do último mês de outubro, na segurança bancária de 96 agências da Caixa Econômica Federal (CEF), localizadas em Salvador e na região metropolitana de Salvador. O novo contrato envolveu a abertura de mercado de trabalho para 350 novos colaboradores, que passam a atuar nas agências da instituição bancária estatal.

Além do contrato implantado junto a Caixa Econômica, a Interfort também é responsável pela segurança de agências do Banco do Brasil, espalhadas pelo interior da Bahia.

Para assumir a função junto a CEF, os novos agentes de segurança da Interfort receberam treinamento e capacitação específicos, através do departamento de Recursos Humanos da empresa, e também participaram de palestra com especialistas da área de segurança, como o gerente-regional, Reinaldo Azevedo.

Para o empresário Edmilson Pereira, dirigente da Interfort, a assinatura do contrato com a CEF de Salvador representa o cumprimento de mais uma meta que foi planejada em 2016 e que agora torna-se realidade.

Rede Varejista promove campanha exclusiva para o Nordeste

Denominada “Verão Danado de Bom”, a campanha tem diferentes promoções a cada dia da semana e promete preços melhores do que o Black Friday

 

CAMPANHA EXTRADesde a última sexta-feira (2), todas as lojas da rede Extra participam da campanha inédita e totalmente voltada para a região Nordeste. O “Verão Danado de Bom” acontece entre os dias 3 e 28 de fevereiro, mês do carnaval, e traz ofertas nos segmentos de alimentos, bazar, eletro e têxtil. Segundo Eandres Aguiar, gerente de marketing do Extra, os preços serão iguais ou até melhores que a Black Friday.

Para ajudar a identificar essas oportunidades preparadas especialmente para a campanha, o mascote Malucoco sinalizará ao cliente onde ele pode encontrar as melhores promoções. Em Natal, as lojas Extra Midway, Ponta Negra e Maria Lacerda estarão decoradas com o material do ‘Verão Danado de Bom’. “A nossa proposta é ser uma referência em preço baixo durante o mês de fevereiro. É a primeira vez que o Extra investe fortemente na região Nordeste, com uma campanha completamente direcionada e exclusiva. Isso porque acreditamos que a região é estratégica para a marca e demanda uma forma única de se comunicar com esses clientes”, explica Eandres Aguiar.

Christianno Sanguinetti, gerente comercial regional, destaca que as ofertas estarão disponíveis nas prateleiras de 3 a 28 de fevereiro, mas que ainda terão outros descontos de acordo com o dia da semana. “Há as condições sinalizadas pelo nosso ícone, mas a segunda-feira será de 20% em todos os smartphones, por exemplo. Outro dia será dado a produtos de bazar, e assim segue até a sexta-feira. São descontos expressivos em todas as unidades de hipermercados e supermercados da bandeira Extra”, ressalta, citando que serão colocados 60% a mais de produtos em promoção que em campanhas anteriores.

Além das ofertas, a rede oferece condições especiais de pagamento: parcelamento em até 20 vezes no Cartão Extra. As ofertas são válidas para todas as lojas Extra Hipermercado e Extra Supermercado em todos os Estados do Nordeste.

Em meio à crise, comércio investe em promoções para alavancar vendas de material escolar

feirao-escolar-casa-sarmentoEnquanto muitos se preocupam com a atual crise econômica enfrentada pelo país, muitos empresários arregaçam as mangas para vencer as dificuldades. Em Natal, neste mês de janeiro, são comuns ações para alavancar as vendas do comércio. Uma delas é voltada ao setor de material escolar, justamente neste período onde cresce a procura por produtos deste tipo. Um exemplo é o Feirão Escolar Casa Sarmento, que completa 10 anos em 2017.

A ideia nasceu com o objetivo de atrair os consumidores com preços baixos e muita variedade. E tem dado certo ao longo dos anos. Segundo o empresário Derneval de Sá, proprietário da Casa Sarmento, o “Feirão Escolar é hoje uma referência para o mercado local”. “Todos os anos já somos cobrados por nossos clientes para que o Feirão continue, e o resultado tem sido positivo. Este ano, temos certeza, vamos conseguir vencer a crise econômica com muito trabalho”, disse.

O Feirão Escolar Casa Sarmento segue até o dia 3 de fevereiro nas duas unidades da Casa Sarmento em Natal (Praia Shopping e Alecrim). São centenas de mochilas, bolsas e lancheiras dos mais variados modelos, personagens e tamanhos em preços promocionais, com direito a distribuição de pipocas e guloseimas, além de uma programação especial para as crianças, tudo para facilitar a volta às aulas dos estudantes e tornar a compra do material escolar ainda mais divertida.

feirao-escolar-casa-sarmento_A Casa Sarmento é uma empresa que possui 67 anos de tradição no segmento de bolsas, mochilas, malas de viagem e artigos em couro. Todos os produtos comercializados também contam com uma garantia concedida pela própria loja. Quem desejar mais informações, pode entrar em contato pelos telefones (2030-6361 ou 2226-1364). Os produtos também estão sendo divulgados nas redes sociais da loja, basta acessar o www.facebook.com/casa.sarmento ou o perfil @casasarmento no Instagram.

Janeiro com até 70% OFF em lojas de shopping de Natal

Mais de 50 lojas aderem às promoções de início de ano no Natal Shopping

 

Consumidor atento às temporadas de promoções no comércio já sabe: o mês de janeiro, pós festas de final de ano, é sempre uma aposta para compras com preços baixos. Isso porque tradicionalmente as lojas lançam seus saldões de queima de estoques que dão espaço para as novas coleções e produtos para as temporadas que vêm por aí.

Dentre as lojas que aderem às promoções no Natal Shopping, ganha destaque a variedade de segmentos: moda feminina, masculina e infantil, sapatarias, livrarias com as ofertas de “volta às aulas”, tecnologias, perfumes e cosméticos, lojas de departamentos e até os restaurantes da praça de alimentação do mall abrem a possibilidade de comprar gastando menos.

Marcas como TNG e Gregory, ambas de vestuário, começam o ano com promoções que chegam a 70% de desconto. Já as lojas de sapatos Andarella e Skechers, por exemplo, lançam uma campanha de descontos progressivos: a cada par de sapato, o desconto aumenta, podendo chegar a até 40%.

Outras marcas agregam vantagens em serviços. É o caso da sapataria Samello, que oferece estacionamento grátis aos seus clientes. Já as lojas Brooksfield Donna, Camicado, Carmen Steffens, Crawford e Farm são outras que oferecem abatimentos de até metade do valor original de seus produtos.

Essa temporada do ano é sempre uma boa oportunidade para aproveitar promoções reais nas nossas lojas. Além disso, as pessoas já têm uma noção mais concreta dos gastos do final do ano e fazem suas compras com mais segurança e tranquilidade”, pontua Fabiana Totti, gerente de marketing do Natal Shopping.

Promoção de fim de ano do Midway Mall já ultrapassa a marca de um milhão de cupons

midway-mallLançada em outubro para retribuir a preferência dos mais de 75 mil clientes que passam em seus corredores diariamente, a campanha promocional de fim de ano do Midway Mall vem registrando excelente movimento.

O sorteio do BMW X1 e dos dois Mini Cooper S zero quilômetros, avaliados em mais de R$ 400 mil no total, será realizado no dia 08 de janeiro na praça central do Shopping, e o número de cupons distribuídos mostra a força da promoção.

“A promoção de sorteio, que já é tradicional no Midway, é um diferencial que agrada bastante o público do Shopping, sempre com uma premiação especial. Esta campanha de Natal está superando nossas expectativas, ultrapassando a marca de um milhão de cupons bem antes do esperado, com um crescimento superior a 15% em relação a campanha do ano passado. Estes números, junto com o aumento no fluxo de pessoas registrado até o momento, são bons indicativos do aquecimento do comércio neste fim de ano”, afirma o Supervisor de Marketing do Shopping, Diego Fernandes.

Para concorrer aos veículos, o cliente Midway deverá juntar notas fiscais de compras realizadas no Shopping até o dia 06 de janeiro, e a cada R$ 50,00 em compras poderá trocá-las por um cupom de sorteio. O posto de troca, localizado no 3º piso, e as urnas no 2º piso, estarão disponíveis até 07 de janeiro.

Nova unidade do Assaí Atacadista é inaugurada no RN

Rede gera 500 empregos diretos e indiretos com esta abertura em São Gonçalo do Amarante

 

foto-assessoriaA nova unidade do Assaí Atacadista foi inaugurada na manhã desta quarta-feira (28) com a presença de centenas de consumidores à porta na expectativa da abertura da loja. Localizada em São Gonçalo do Amarante, a unidade privilegia a Zona Norte e Região Metropolitana de Natal. Com investimento de R$ 35 milhões, a rede tem ainda tem mais perspectiva de expansão no Rio Grande do Norte e no Brasil.

“Mesmo em momento de crise econômica o Assaí está se consolidando no País porque há uma mudança de hábito, o cliente final opta por realizar compras no atacarejo em busca de melhor preço”, afirma Belmiro Gomes, presidente da rede Assaí Atacadista.

Somente em 2016, foram 13 lojas inauguradas no País e 40% de crescimento em vendas até o terceiro trimestre deste ano. Para o início de 2017 há a expectativa de construir mais cinco unidades, e converter 15 hipermercados da bandeira Extra em Assaí. “Temos a intenção de mais expansão no Rio Grande do Norte. Esta nova unidade já demonstra que acreditamos no Estado”, conclui o presidente.

Assaí Atacadista inaugura nova loja nesta quarta-feira, 28

A unidade é a 2ª no Rio Grande do Norte e recebeu investimentos de R$ 35 milhões

 

assai_1 assai_2A Grande Natal ganha mais uma unidade do Assaí Atacadista, instalada ao lado da indústria Coteminas, em São Gonçalo do Amarante. Com um investimento de R$ 35 milhões, será inaugurada na próxima quarta-feira, 28 de dezembro, para atender a Zona Norte de Natal e a Região Metropolitana. Com esta loja, a última abertura de 2016, o Assaí fecha o ano com 107 lojas, sendo 13 novas unidades inauguradas neste período em todo o País.

As perspectivas de crescimento econômico do Rio Grande do Norte foram um dos atrativos para a decisão da instalação desta nova unidade. “A demanda dos clientes, somada ao desenvolvimento da região, ao potencial econômico e ao crescimento de Natal foram grandes impulsionadores para a construção da loja”, relata Belmiro Gomes, presidente do Assaí. Para ele, o objetivo da empresa é contribuir para o incremento econômico da cidade.

A nova loja Assaí Atacadista tem um total de 30 mil m² de área, sendo 12.700 m² de área construída, destes, 5.200 m² são só de vendas, o estacionamento conta com 300 vagas. Serão oferecidos cerca de 7 mil itens entre hortifrúti, mercearia, alimentos, embalagens, higiene, bebidas e limpeza, de grandes marcas regionais, nacionais e importadas. O principal diferencial do Assaí é a política de dois preços, na qual a partir de pequenas quantidades o cliente já consegue pagar valores de atacado.

O Assaí atende desde o pequeno e médio comerciante, transformadores (donos de lanchonetes, restaurantes, pizzarias e quiosques) e utilizadores (igrejas, escolas e quarteis), até o cliente final, que busca economia com as compras em grandes volumes. A proposta da rede atacadista é ser o estoque da pequena empresa, um local em que o empreendedor possa fazer a reposição diária de suas vendas sem a necessidade de compras para longos períodos. Mas, também tornou-se uma nova forma de diversificar os locais de compra onde cresce a presença de grupos de famílias, amigos ou vizinhos que se unem para as grandes compras do mês ou datas comemorativas.

“A estratégia do Assaí é se manter como um modelo de negócio de baixo custo operacional, o que permite oferecer aos clientes preços mais competitivos e garantir a sua presença como uma das bandeiras líderes do segmento no Brasil”, explica Gomes. A redução de custo em uma compra realizada no Assaí pode ser de 15% a 25%, de acordo com dados da Nielsen. A rede também oferece formas de pagamento adequadas e variadas entre eles dinheiro, cheque, cartão de débito e crédito de todas as bandeiras e cartões alimentação.

 

Crescimento

O Assaí registrou o maior crescimento de sua história, reportando um aumento de 45,7% nas vendas líquidas no terceiro trimestre de 2016, na comparação com o mesmo período do ano passado. No ano, o Assaí já acumula um crescimento de 39,8%. “Hoje, o Assaí é o principal negócio do segmento alimentar o GPA, com 37% de participação. O modelo tem se mostrado com uma assertividade bastante positiva e que merece destaque”, comenta Gomes.

São dois os principais pilares que sustentam o crescimento do Assaí nos últimos anos. O primeiro deles é a reestruturação do formato de loja, que vem acontecendo desde 2012 com o objetivo de desenvolver um modelo de negócio ainda mais assertivo para seus públicos-alvo e atrativo para novos clientes. O segundo pilar é a expansão orgânica: a loja de Natal é a 13ª inaugurada em 2016.

“O Assaí vem apresentando crescimento constante de dois dígitos nos últimos trimestres e acumula, nos últimos quatro anos, aumento de 200% em vendas brutas. Esse avanço, motivado pela maior preocupação dos consumidores com relação aos preços, também se reforça no plano de aberturas e modernização das lojas, que foi intensificado nos últimos dois anos”, finaliza Gomes.

 

Sobre o Assaí Atacadista

O Assaí Atacadista possui 107 unidades em 16 estados (AL, AM, BA, CE, DF, GO, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RN, SE, SP). Negócio de atacado do GPA, a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão. Em 2015, a rede inaugurou 11 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 11,3 bilhões, expansão de 25,5% em relação ao ano anterior.

Natal Shopping tem horário diferenciado no período natalino

A partir de domingo, 18, consumidores terão mais tempo para realizar compras e usufruir as atrações da temporada em família

 

A partir do próximo domingo, 18, o Natal Shopping terá horário de funcionamento estendido até a sexta-feira, 23. Nos dias anteriores à festa, o shopping abre às 10h e fecha às 23h. Já na véspera de Natal, 24, o Natal Shopping abre as portas às 10h e fecha um pouco mais cedo, às 19h.

O intuito é que o público tenha mais tempo para usufruir a variedade de estabelecimentos e lojas exclusivas do mall para realizar as compras do final de ano, como Rio Center, Camicado, Americanas, Renner, C&A, entre outras marcas. Após o período, o funcionamento segue como antes.

Além das tradicionais compras de presentes, os clientes do Natal Shopping podem aproveitar para curtir o clima natalino. O Papai Noel segue recebendo as crianças com seus pedidos de Natal na Floresta do Noel, onde há também o Trem Solidário, que realiza passeios com as crianças pela floresta encantada, repleta de animais que se mexem e emitem sons.

Parte da renda arrecadada com o brinquedo será revertida para as instituições Liga Norte Riograndense Contra o Câncer, Associação Amigos do Coração da Criança – Amico e Hospital Infantil Varela Santiago. O Papai Noel está disponível todos os dias das 15h às 21h (até o dia 16), das 12h às 21h (até o dia 23) e na véspera de Natal, das 10h às 18h.

A pista de patinação no gelo também é parada certa para quem quer aproveitar um friozinho durante o período do Natal. Com músicas temáticas e diversão para a família inteira, a Snow Show funciona de segunda a sábado das 10h às 22h e domingos e feriados das 13h às 21h.

O cliente Natal Shopping tem ainda a chance de ser sorteado com um vale compras no valor de R$ 1 mil, para ser utilizado em produtos e serviços do mall. Na promoção Natal Presente Todo Dia, que segue até 30 de dezembro, a cada R$ 100 em compras o cliente troca por um cupom para concorrer.

Quem utilizar o cartão Caixa tem três vezes mais chances, ou seja, a cada R$ 100, recebe três cupons. Já os clientes Caixa bandeira Elo recebem cinco cupons a cada R$ 100, além de ganharem duas horas extras de estacionamento grátis. Os cupons são cumulativos e não há valor mínimo para cada compra isolada.

 

Horário Natalino

18/12 (domingo) – 11h às 22h

19 a 23/12 – 10h às 23h

24/12 (sábado) – 10h às 19h

Depois de um ano difícil, setor imobiliário do RN voltará a crescer em 2017, avalia o SECOVI/RN

renato-gomes-ao-lado-de-ricardo-abreu-foto-caninde-soaresO ano de 2017 deverá se registrar a retomada do crescimento do mercado imobiliário potiguar, que enfrentou “turbulências”, geradas pela interferência da crise política na economia. Segundo o empresário Renato Gomes, presidente do Sindicato da Habitação do Rio Grande do Norte (SECOVI/RN), já há indícios de que, a partir do segundo bimestre do próximo ano, o setor começará a reagir. “O mercado é muito cíclico e o que tinha de surpresa negativa para acontecer, já aconteceu. Depois de o mercado chegar ao fundo do poço impulsionado pela economia, agora se nota a retomada do crescimento. Essa é a expectativa”, explica.

Ele revela que o pior já passou para o mercado imobiliário potiguar, que foi duramente atingido pela falta de crédito para os consumidores e de falta de confiança. Gomes aposta que em 2017 haverá novos lançamentos, tendo em vista que os estoques de imóveis prontos para morar já decresceram consideravelmente. “O estoque estava muito alto, mas as construtoras conseguiram vender muita coisa”, Explica.

 

INDICADORES

Renato Gomes anunciou ainda que até o início de janeiro de 2017, o SECOVI/ RN estará divulgando os indicadores do mercado imobiliário do Rio Grande do Norte, a exemplo do que acontecerá nos demais estados brasileiros.

A ferramenta mostrará para investidores, compradores e profissionais o setor, informações atualizadas sobre áreas mais valorizadas, preço do metro quadrado e valor médio de aluguel, compra e venda de imóveis em cada bairro de Natal e das principais cidades do Rio Grande do Norte.

Primeira parcela do 13º deve ser paga até 30 de novembro

Subsídio esquenta o comércio e estimula as compras do final de ano, explica diretor da Rui Cadete Consultores

logo_release_cliente_6335A aguardada gratificação de final de ano, conhecida popularmente como décimo terceiro salário e também chamada de gratificação de Natal, está chegando ao prazo final para o pagamento de sua primeira parcela. O termo foi estipulado pela Lei 4.090, que dispõe que o pagamento pode ser feito em duas parcelas, sendo que a primeira deve ser paga do dia 1 de fevereiro até 30 de novembro, e a segunda parcela até o dia 20 de dezembro.

A associação com o período natalino explica bastante a essência do décimo terceiro salário, pois faz referência a uma data comercial em que as datas festivas e trocas de presente tornam-se mais constantes. “Assim os patrões investem mais nos funcionários para que maior poder aquisitivo seja dado à população e, dessa forma, o lucro acaba retornando para o comércio”, explica Daniel Carvalho, contador e diretor executivo da empresa de contabilidade Rui Cadete Consultores

Mas para o trabalhador que já contabiliza a entrada do décimo para a quitação das contas de fim de ano, é bom ficar atento para a diferença de valores entre as parcelas. “A legislação determina que o pagamento da primeira parcela (50%) seja feita até o dia 30 de novembro, e nesse pagamento não é feito desconto de impostos (INSS e IRPF). Esses abatimentos são feitos cumulativamente na segunda parcela, que é paga até o dia 20 de dezembro, então é recebido um valor menor”, atenta Daniel Carvalho.

O décimo terceiro salário é um direito do trabalhador brasileiro e corresponde a 1/12 (um doze avos) da remuneração para cada mês trabalhado. O benefício foi instituído pelas leis trabalhistas e tem prazo determinado para ser repassado ao empregado, podendo ser exigido na forma de pagamento tanto quanto o salário habitual.

Rede Varejista realiza segunda edição de Festival Automotivo

Considerado o maior vendedor de pneus do Brasil pelo 6º ano consecutivo pela Nielsen, o Extra promove a segunda edição do Festival Automotivo. Entre os dias 04 e 20 de novembro haverá uma série de ofertas especiais em produtos como pneus, acessórios, ferramentas, baterias e itens de limpeza. Como diferencial, este ano os consumidores podem baixar o aplicativo “Bateria Automotivo” para identificar qual modelo de bateria é o mais adequado para seus veículos e qual Extra Hiper mais próximo para realizar a compra.

O Extra tem como expectativa um crescimento de 27% em comparação ao mesmo período do ano passado. Especialmente pela inclusão do setor na dinâmica “1, 2,3 Passos da Economia”, que oferece descontos progressivos na compra de itens iguais participantes. Para deixar as ofertas de pneus ainda mais vantajosas, a rede proporcionará condições de parcelamento facilitadas: até 14 vezes sem juros no cartão Extra e 10x sem acréscimo nos demais cartões. Em Natal, as promoções podem ser encontradas nas lojas Midway, Ponta Negra e Maria Lacerda.