Conselho Municipal dos Direitos da Mulher homenageia quatro personalidades femininas com a Medalha Nísia Floresta

Cerimônia acontece hoje (14), a partir das 16h, no Solar Bela Vista

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) entrega hoje (14/03) a Medalha de Honra ao Mérito Nísia Floresta a mulheres que se destacaram em suas atuações frente às políticas voltadas para o universo feminino em Natal. A cerimônia será realizada no Solar Bela Vista, a partir das 16h.

As homenageadas serão Ana Lúcia Raymundo (defensora pública), Quitéria Kelly Lucena da Silva (artista), Analúcia de Azevedo Silva (conselheira do CMDM) e Ana Paula de Araújo (vereadora de Natal).

A medalha Nísia Floresta foi instituída pelo Decreto 4.071, de 1990, e é destinada à premiação simbólica às mulheres que, por meio de sua obra ou atividade, tenham contribuído para o desenvolvimento da cidade ou tenham se destacado em ações de interesse social, especialmente voltadas para as mulheres.

***

Educadora, escritora e poetisa, Nísia Floresta era o pseudônimo da potiguar Dionísia Gonçalves Pinto, pioneira na defesa do feminismo no Brasil, em meados do século 19. Foi a primeira mulher brasileira a romper os limites entre os espaços públicos e privados, publicando textos em jornais, na época em que a imprensa nacional ainda engatinhava. Ela analisava criticamente a situação em que viviam as mulheres brasileiras e denunciava as diferenças sociais da época.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *