SE LIGA – Dicas de segurança para quem vai viajar nas férias

Especialista em segurança privada dá dicas para garantir a tranquilidade durante o veraneio ou viagem de férias

 

Após os festejos de final de ano, é comum as famílias aproveitarem as férias escolares para uma temporada nas casas de praia, ou viajar para o interior e outros estados. Nesse momento, é bom incluir no planejamento a segurança da residência que vai ficar vazia, como também de todo o percurso do passeio.

As recomendações do professor do curso de Tecnologia em Gestão de Segurança Privada da Estácio Zona Norte, Vantuil Oliveira, começam com os cuidados para o deslocamento que será feito durante a viagem: é necessário fazer uma revisão no carro antes – para evitar contratempos – e procurar conhecer o percurso previamente: estudar o mapa, escolher o trajeto mais seguro e buscar informações sobre a sinalização do trânsito da estrada.

Já as casas que ficam vazias por longos períodos, segundo o especialista, são mais propensas a assaltos. Para se prevenir, o morador pode solicitar a ajuda de vizinhos, informando-os sobre o período em que vai ficar fora e se alguém irá passar na sua casa ou não. “Peça para manterem contato com você ou com a polícia no caso de perceber se tem alguém rondando a sua casa ou mesmo adentrando-a”, orienta.

Procurar o posto policial mais próximo e informar que vai viajar também é importante. E, se o orçamento permitir, pode também contratar uma empresa especializada em monitoramento de residências. Outra dica é instalar câmeras de vídeo-monitoramento. Inclusive, existem alguns equipamentos no mercado que permitem acompanhar as imagens pela internet e em tempo real. Cerca elétrica e sensores de presença também ajudam a inibir invasões. “Uma boa ideia é instalar sistemas que ligam e desligam as luzes internas através de programação, para dar uma sensação de casa habitada”, acrescenta Vantuil.

É importante também cuidar para evitar incidentes na residência. “Para isso, sugerimos que antes de viajar, o proprietário desligue todos os equipamentos eletroeletrônicos das tomadas, assim como fechar o registro de gás e água”, lembra Oliveira.

Outra sugestão que pode ajudar é “deixar seus números de telefones com os vizinhos, para que possa ser avisado de algo, ou nos de grupos de vizinhos em que faça parte nas redes sociais. A organização dos moradores em grupos tem contribuído para reduzir as ocorrências”, lembra o especialista.

Na dúvida, ou diante da necessidade de dicas mais específicas, orienta Vantuil, basta pesquisar na internet os diversos manuais de segurança disponíveis por lá. E, antes de pegar a estrada, não esquecer de fazer o chek-list da viagem e de cada integrante, tais como: verificar se colocou todas as roupas que vai precisar, remédios, telefones, contatos necessários, água, lanche, etc.

Tomados os devidos cuidados, dá para aproveitar as férias com tranquilidade, junto com a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *