COMEÇOU MAL – Ronda Cidadã inicia pelo bairro onde reside o governador e não nos bairros mais expostos à violência

O deputado Kelps Lima lamentou hoje que o Governo do Estado tenha tomado a decisão equivocada de iniciar o projeto Ronda Cidadã longe dos bairros que mais estão precisando de segurança, na Zona Norte de Natal, e mais perto da região onde fica a casa do governador.

“O Programa Ronda Cidadã é bom, mas começa mal ao trocar o lógico, que é proteger quem está mais exposto à violência, que são os trabalhadores que circulam na rua na Zona Norte, pelo mais conveniente, os bairros mais nobres, onde mora a população da cidade que tem mais chances de autoproteção, com segurança eletrônica, cercas elétricas, condomínios fechados”.

Ao ler na imprensa que o Ronda Cidadã será iniciado pelos bairros Petrópolis, Mãe Luíza e Areia Preta (este último o bairro onde mora o governador), o deputado Kelps levou para a Assembleia o questionamento sobre a orientação equivocada de mover tropas para áreas que estão longe do principal foco da insegurança da cidade.

Os arrastões dos bares estão ocorrendo em Candelária e Capim Macio; hoje foi assassinada uma mulher no Alecrim; por insegurança, uma unidade de saúde fechou no Igapó…e porque o Governo decidiu começar um programa de segurança por Areia Preta e Petrópolis? Não que esses bairros não precisem de segurança. Precisam sim! Todos precisam. Mas, tinha que começar o programa justamente esquecendo os locais com mais incidência de criminalidade?”, questiona o deputado Kelps.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *