Grupo alemão pretende instalar fábrica de polissilício no RN, que seria a única da América Latina

Foto Ivanízio RamosA empresa Alemã UAS Messtechnik GMB analisa instalar uma fábrica de polissilício no Brasil e, na noite desta quarta-feira (26), representantes do grupo alemão estiveram reunidos com o governador Robinson Faria para pedir apoio do governo do Estado para realizar um estudo de viabilidade econômico-financeira no Rio Grande do Norte.

A reunião aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com participação do titular da pasta, Flávio Azevedo.

“Este estudo também passa pela localização de jazidas de sílica apropriadas aqui no RN. É um estudo caro e eles querem uma participação financeira do Governo do Estado. Avaliaremos a possibilidade e tentaremos envolver também a iniciativa privada neste projeto”, destacou o governador Robinson Faria, que pediu um prazo de 30 dias para dar um posicionamento final.

O secretário da Sedec, que conduzirá a articulação com a iniciativa privada, irá pleitear também recursos com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). “Caso o projeto se confirme, será a única fábrica de polissilício da America Latina, porque uma única fabrica é suficiente para abastecer todo continente”, concluiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *