Blog editado a partir de Natal/RN - Brasil.

Publicidade
Instagram
Twitter
Publicidade
Buscar
Calendário
junho 2018
S T Q Q S S D
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Publicidade
Publicidade
Publicidade Vídeo

Uma homenagem da Prefeitura de Natal para os Professores

Antônio Fagundes estrela a comédia “Baixa Terapia” em Natal

Sucesso de público e crítica em São Paulo, peça estrelada por Antônio Fagundes e grande elenco, terá duas apresentações no Teatro Riachuelo.

 

Após um ano de sucesso em São Paulo, o espetáculo “Baixa Terapia”, assistido por mais de 90 mil espectadores, confirma sua passagem por Natal nos dias 23 e 24 de junho, no Teatro Riachuelo.

A comédia, escrita pelo argentino Matias Del Federico e direção de Marco Antônio Pâmio, apresenta três casais que chegam para uma sessão de terapia. Quando se encontram, descobrem que a psicóloga não foi e terão que conduzir a sessão em grupo. Ela deixou a sala preparada com café, água e bastante whisky, além de uma mesa com envelopes numerados, repleto de instruções de como devem conduzir essa sessão especial. O objetivo é que todas as questões sejam resolvidas em grupo. A partir daí vem à tona queixas, confissões, suspeitas, revelações, verdades e mentiras da maneira mais escrachada para eles e divertidíssima para o público.

Os três casais são formados por Ariel (Antonio Fagundes) e Paula (Mara Carvalho), Estevão (Bruno Fagundes) e Tamara (Alexandra Martins) e Roberto (Fábio Espósito) e Andrea (Ilana Kaplan). São pessoas com diferentes problemas e conflitos. Cada envelope trata de temas para cada um dos casais. O ambiente vai esquentando até tornar-se quase caótico. Não são todos que estão dispostos a se abrir para falar dos assuntos que os afligem e aos seus parceiros – já que ocultam algo que jamais revelariam. No final, a sessão de terapia se converte em uma armadilha hilariante.

Baixa Terapia é uma louca comédia com diálogos ácidos, às vezes contraditórios, que fluem num ritmo vertiginoso e mantém o público ligado desde o primeiro minuto.

Você já teve uma “DR”? Você não imagina a deles!

Deixe o seu Comentário!