Co-fundador do Twitter recebe primeiro salário em quatro anos: US$ 1,40

Valor remete ao limite antigo de caracteres de um texto no Twitter

O co-fundador do Twitter, Jack Dorsey, recebeu seu primeiro salário, desde que retornou ao papel de diretor-executivo da plataforma, há quatro anos: a quantia simbólica de US$ 1,40. Divulgado na segunda-feira (8) em um arquivo regulatório, o valor lembra o limite de caracteres original para posts na rede social.

Há anos, Dorsey não recebe salário, bônus ou prêmios em ações “como prova de seu comprometimento e crença no potencial de criação de valor a longo prazo do Twitter”, diz o documento. A participação dele no Twitter vale cerca de US$ 600 milhões, mas ele não mexe nessa quantia. Por outro lado, outros co-fundadores do Twitter, como Evan Williams, desde abril de 2018, vendem ou doam suas ações.

O CEO do Twitter não é o único. Outros fundadores, incluindo Mark Zuckerberg, do Facebook, e Larry Page, da Alphabet, ganham apenas US$ 1 por ano em salário, já que optam por uma remuneração vinculada ao desempenho da empresa.

Em dezembro de 2018, Dorsey vendeu 1,7 milhão de ações da Square, outra de suas empresas. Com isso, ganhou perto de US$ 80 milhões depois dos descontos estimados de impostos, segundo a Forbes. “Atualmente, o patrimônio líquido do empresário é de US$ 4,7 bilhões, em que as 61 milhões de ações da Square representam US$ 3,9 bilhões”, diz a revista.

Como o limite de caracteres foi aumentado para 280, não se sabe se esse valor pode mudar em 2019. Mesmo assim, ele não deixará de ser algo apenas representativo.

(Bloomberg)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *