Blog editado a partir de Natal/RN - Brasil.

Publicidade
Instagram
Twitter
Publicidade
Buscar
Calendário
agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Publicidade
Publicidade

ENCANTO – Secretário reúne profissionais da Saúde para intensificar trabalho de leishmaniose

O titular da pasta da Saúde de Encanto, Ednardo Soares, aproveitou reunião com parte da equipe da Atenção Básica do município, promovida na tarde de ontem, 9, para traçar ações voltadas ao combate da leishmaniose visceral. O motivo foi o aumento do índice da doença na região Alto Oeste, inclusive, com casos confirmados em humanos nas cidades vizinhas de Rafael Fernandes, Pau dos Ferros e São Miguel.

“A nossa ideia é orientar a população a se proteger. A transmissão do calazar não se dá do cachorro para o homem, se dá pelo mosquito-palha. Então como é que a gente se protege?! Através de repelentes ou algumas borrifações”, esclareceu o secretário.

Por meio dessa estratégia inicial de repassar, cada vez mais, informações adequadas à população, o governo “Cuidando da Nossa Gente” firmou parceria da VI Unidade Regional de Saúde Pública (VI URSAP) visando à capacitação, principalmente, dos agentes comunitários.

De acordo com Ednardo, no entanto, os agentes de endemias já realizam a função de orientar os moradores, como também fazem testes rápidos nos animais suspeitos de infecção e em todos os cães da localidade onde, porventura, houve uma ocorrência.

“Eles tiram um pouco de sangue, geralmente da orelha, colocam num aparelhinho que com 15 minutos mostra o resultado. Se der negativo, beleza, agora se der positivo, a gente orienta a procura de um veterinário”, citou, ao acrescentar que os testes podem ser solicitados, quando o cachorro tem qualquer um dos sintomas da doença (perca de pêlo, magreza, dificuldades para se alimentar, unhas muito grandes, problemas de pele, secreção no olho).

Em se tratando do combate direto ao transmissor (mosquito), a Prefeitura de Encanto irá buscar o apoio da VI Ursap. E, em situações de agravo humano, o município encaminhará o paciente à Regional de Pau dos Ferros para confirmação da enfermidade. “Os médicos, enfermeiros já estão instruídos para, caso alguém apareça com sintomatologia parecida com leshimaniose, solicitarem o exame”.

 

Atividades previstas

-Palestra para os profissionais da Saúde

Ministrante: VI Ursap

Na data provável de 17/08, às 14h, na Câmara Municipal

 

-Mesa-redonda aberta à população

Participantes: Veterinário e médicos do município

Na data provável de 22/08, às 18h30min, no Ginásio de Esportes

Deixe o seu Comentário!