O queridinho de Bolsonaro

O Presidente Jair Bolsonaro é só afagos e elogios ao Secretário Especial de Trabalho e Previdência, o potiguar Rogério Marinho. Ainda que não haja espaço para que ele ocupe, de fato, uma cadeira de Ministro, as falas do capitão é de que, tão logo se conclua a reforma da previdência, ele dará a Rogério “o posto de destaque que ele merece”.

“Não vamos criar o 23º ministério, mas havendo possibilidade, ele sabe que mora no meu coração. […] Rogério Marinho conheço há tempo. Ele não foi reeleito, perdeu porque foi relator da reforma da CLT e está fazendo excelente trabalho. Nós temos 22 ministérios. Acabando a reforma da Previdência e havendo possibilidade, nós vamos dar o posto de destaque que ele merece”, disse Bolsonaro.

Apesar de aparentar toda essa força em Brasília, Rogério não consegue converter essa força em votos por aqui. O potiguar parece que não pensa como Bolsonaro.

Então tá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *